11 janeiro, 2014

Aguimar Porfírio dos Santos - por Aline Santos



Filho de Maria Porfírio dos Santos e Cecílio Pedro da Silva, minha avó era conhecida por Dona Lica e meu avô por Cecílio Lopes (esse Lopes veio por causa de um cunhado de meu avô, muitos só o conhecem por Cecílio Lopes, mas ele não tem esse sobrenome).


Meu pai tem três irmãs: Eulina, Nerice e Sandra. Meu avô foi um grande comerciante e também motorista em Custódia, contribuindo assim para o desenvolvimento da nossa cidade. 

Minha avó sempre foi dona de casa e muito boa mãe, painho tem um amor incondicional por ela, faleceu em 2008 aos 88 anos, e meu avô faleceu há uns 20 anos. Seguindo o mesmo caminho trilhado pelo seu genitor, Aguimar foi caminhoneiro, se aposentou aos 51 anos, hoje tem 62, completados no último dia 28/02.



A história do fusca teve inicio, quando painho comprou o carro já usado de uma mulher em 31/07/1982, na época custou R$ 170.000 mil cruzeiros, procurou manter o máximo possível a sua originalidade, o que o faz chamar atenção por onde passa.

O fusca perdeu um pouco a originalidade quando sofreu um acidente no Crato – CE, o carro ficou bastante avariado, mesmo assim, fez o possível para recuperar seu inestimável automóvel.

Antigamente era realizada anualmente, a festa denominada “As Personalidades do Ano”, ele venceu várias vezes com o título e a placa de caminhoneiro do ano.


Um detalhe importantíssimo segundo ele mesmo, é que, Dr. Pedro Pereira, foi quem o ajudou a tirar a 1ª habilitação, o primeiro passo para seguir a profissão da qual ele e nós também nos orgulhamos muito.

Apesar de aposentado ainda continua trabalhando, viajava com mais freqüência para São Paulo, inclusive trazendo cargas para a fábrica de doces Tambaú.

Resolveu parar de viajar de vez, quando estava voltando de uma viagem à São Paulo e foi assaltado em Delmiro Gouveia-AL, ficou em poder de assaltantes durante todo o dia, só sendo liberado a noite; nesse assalto, graças a Deus, fora o medo ele não sofreu nada mais, roubaram o caminhão, mas o liberaram ileso, e o caminhão foi encontrado no outro dia em Alagoinha – PE.

Família

Casou-se com Izabel Maria Pereira, mais conhecida como Deta, em junho de 1976, este ano completarão 35 anos de casados, dessa união surgiu: Delaine, Sanny e eu, exatamente nessa ordem.

Casamento de Aline

Mensagem da filha Aline Santos

“Gostaríamos de poder dizer o quanto te amamos e agradecemos por ter sido espelho para nós. Dizer que você merece tudo de melhor que a vida tem todos os dias, e que no fundo dos nosso corações, te amamos muito. 

Parabéns!!!!” Aline Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário