09 julho, 2016

Associação Desportiva de Custódia perde do Petrolina pela Copa do Sertão de Futsal Sub-20


A cidade de Cabrobó ontem foi palco de uma grande partida, válida pela Copa do Sertão de Futsal Sub-20. A partida entre A.D Custódia e a forte e excelente equipe de Petrolina que tinha 6 atletas profissionais na sua equipe, ou seja, equipe experiente e rodada.

A partida foi marcada pelas reviravoltas, a Desportiva Custódia iniciou ganhando com gol de André, até o fim do primeiro tempo. 

No segundo tempo com descuidos de marcação, Petrolina que jogava no 3x1, consegui os gols, terminando o jogo em 5x3 a favor do clube da terra da uva.

Uma grande partida, onde os atletas da Desportiva Custódia, apesar de novos em competições, conseguiram jogar bem, porém, erros bobos deram a vitória a Petrolina.


02 julho, 2016

Desportiva Custódia vence amistoso contra o Germano Futsal




A A.D. Custódia, realizou amistoso local contra a experiente equipe adulta do bairro do Germano, o intuito do amistoso foi analisar o padrão tático que está sendo treinado no dia-a-dia, como também analisar o comportamento dos atletas que irão jogar na próxima sexta-feira contra a forte equipe de PETROLINA , na cidade de Cabrobó-PE. O amistoso que foi preparatório foi o primeiro de alguns que estão programados para esta temporada.

"O resultado final do jogo foi 3x1, porém, o placar deveria ter sido maior, perdemos muitos gols e mostramos que temos maturidade e estamos vendo que o trabalho está no caminho certo, daqui pra o pernambucano iremos melhorar em muitos aspectos." Acrescenta Dudu, técnico da equipe sub-20.

Inauguração da Creche Professora Marilene Souza Feitosa.


Ontem, dia 1 de julho, o prefeito Luiz Carlos Gaudêncio, entregou a comunidade da Pindoba a primeira creche de Custódia. 


Com amplo espaço, equipamentos modernos, a creche leva o nome da saudosa Professora Marlene Feitosa, que além do conteúdo da disciplina, ensinava os valores e princípios para se viver em sociedade. 


Elba Feitosa, em sua fala, com muita emoção representando toda família Feitosa, agradeceu à homenagem e disse ser um conforto ao chegar em Custódia, e logo na entrada da cidade, ver a creche que leva o nome de sua mãe. 

A ocasião foi marcada também pela adesão oficial do Vereador Chico Elizeu Leite e muitas famílias que confiam na gestão do prefeito Luiz Carlos.

Ascom PMC

28 junho, 2016

Associação Desportiva Custódia participará de Competições organizadas pela Federação Pernambucana de Futsal



A cidade de Custódia será representada pela ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CUSTÓDIA, no Campeonato Pernambucano de Futsal e na Copa do Sertão de Futsal, ambas competições sub 20, realizadas pela Federação Pernambucana de Futebol de Salão. 

A declaração emitida pelo presidente da entidade que rege o futsal Pernambucano, deixa claro e evidente a participação da Desportiva Custódia.

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CUSTÓDIA é Custódia-PE no Pernambucano Sub 20 de 2016.

Hoje tem São Pedro na Vila da Cohab com Arreio de Ouro e Mulher de Gado


Em Custódia, aliando aprendizado e integração, escolas municipais promovem tradicionais festas juninas



Evento que marca o calendário da rede de ensino público de Custódia, as festas juninas resgatam e valorizam a cultura local e mobiliza toda a comunidade escolar.

As tradicionais festas juninas mobilizaram o mês de junho da rede de ensino público de Custódia, com ações que aliam valorização cultural e integração entre as famílias e a comunidade escolar. As festividades em comemoração a Santo Antônio, São João e São Pedro representam um marco para a exaltação da cultura da região.

Quadrilha, pipoca, bolo e canjica, além de danças, roupas e comidas típicas conquistam e atraem a comunidade para dentro das escolas. As unidades da rede municipal se esforçam para promover uma bela festa que só tende a divulgar e exaltar o legado do povo sertanejo.

Veja fotos dos eventos juninos das escolas municipais: Escola Joaquim B. de Messias, na Samambaia, Escola Manoel Leandro de Morais, na Maravilha e Escola Anfilófio Feitosa, no Bairro do Cruzeiro.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUSTÓDIA
Administração Luiz Carlos Gaudêncio
“Juntos Construindo Um Novo Tempo”

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Secretária Ednalva Oliveira

Juliano Oliveira – ASCOM/PMC

24 junho, 2016

Hoje tem Luar do Sertão no maior São João do Mundo, em Caruaru

DIA 24 DE JUNHO-DIA OFICIAL DO SÃO JOÃO !

Espaço Aberto entrevista neste sábado o prefeito Luiz Carlos


Neste sábado o Prefeito Luiz Carlos é o entrevistado no Espaço Aberto. Respondendo as perguntas e tirando duvidas dos ouvintes. Além da presença do reforço do médico José Wilson, eventual pré candidato a vice-prefeito nas próximas eleições.

Entrevista cedida aos comunicadores Junior Cavalcante e Fernando Alves.

Será essa a ultima rodada com as cabeças de partidos.

Amanhã a partir das 11:h da manhã.

Nova Pan FM

22 junho, 2016

Foi Assim - por Anísio J. S. Cruz



Foi assim... 

O Fernando já havia dito que estava escrevendo as suas memórias, o que me deixou ansioso, pelo que conhecia da sua vida, e por sabê-lo sertanejo, dos bons, como o mandacaru, que florando lá na seca, é sinal de inverno farto. E eu não estava enganado. Ave de arribação, da região do Moxotó, mais precisamente de Custódia, saiu um dia, ao encontro do “seu norte”, quando o “homem que via longe” apontou o caminho do mar: “Vai menino, você merece coisa melhor”. 

Recife e Olinda foram a escola, o aprendizado pra viver em cidade grande, buscando o seu intento, na Escola de Aprendizes de Marinheiros, onde ficou “agregado”, até passar no exame, e se tornar o 147. Tempos duros, de provações para o menino que de tudo tirava boas lições de vida. A saudade de casa, os primeiros namoricos, a carência afetiva, e a “mãe de leite” ali pertinho, sem que soubesse... 

A 23 de junho, jurou Bandeira, engajando-se na Marinha do Brasil. Agora dentre os 512 que chegaram, já era o 15º, posição de honra para o “custodianense”. O

E a “cidade maravilhosa” despontou no horizonte para o jovem que desembarcou mareado no cais do Arsenal da Marinha, brindado com a visão do Cristo Redentor, e do Pão de Açúcar, um encantamento à parte, é verdade. Estudos, e mais estudos, se realmente quisesse crescer, como aconselhou o tenente. E aí, o meu bom Fernando com suas histórias, me trouxe de volta a situações que em muito me emocionaram: o golpe militar de 64, e os anos duríssimos que todos da nossa época vivemos, e ele, em particular, no “olho do furacão”, vendo a “batata esquentar”. Os momentos dramáticos que tão bem conhecemos, tem aqui uma narração eivada de detalhes, a nos mostrar o outro lado da história. A angústia, as incertezas com relação ao futuro, e todos os sacrifícios em busca de dias melhores, e os sonhos subitamente boiando nas águas fétidas da Baia da Guanabara... A prisão nos porões de um velho navio atracado a uma bóia - uma esperança ainda. 

– Homem à terra! – gritaram os poderosos. Mas agora era um EEP-Elemento Extremamente Perigoso - vigiado, sem tostão, e com ambas as mãos à frente, e muitos olhos ocultos atrás de si. Desembarcado, sim, senhor, mas vivo e solto. E onde estava o “seu norte, afinal? Ali, perdido na cidade grande, mesmo sendo ela maravilhosa, ou lá, em Nova Iguaçu, aonde chegaram quase mortos por 5 longos dias de viagem, a Laura, e o Zé Daniel, seus queridos pais adotivos? 

Lá se foi o Fernando, começar tudo de novo, aportando na cidade fluminense, em busca da sorte grande. E ela veio, sim, com sacrifícios, boas oportunidades de trabalho, criatividade, e um encontro marcado com Maria Apolônia, que ele nem sabia que existia. Casamento feito, nova vida. 

Dalí de Nova Iguaçu, para Maceió, Salvador, Vitória da Conquista, e depois de algum tempo, Ilhéus, no sul da Bahia, onde lançou âncoras, e criou os filhos. Fernando agora tinha um “porto seguro”, e chegara ao “seu norte”, como profetizado pelo “homem que via longe”. 

Mas leiam as histórias contadas em tom informal, com a graça e o jeito nordestino, que Fernando tão bem representa. Tenho certeza de que vão gostar tanto quanto eu, que fiz a leitura de “cabo a rabo”, sem tomar fôlego, para chegar à página final, acelerado, como o seu coração ansioso no dia do retorno a Custódia, com todos os ventos soprando a favor. 

Boa leitura.
Anísio J.S. Cruz
Ilhéus, Bahia, 25/05/2010 


21 junho, 2016

Tigre/Custódia sai na frente mas cede empate em amistoso contra o Amaraji Futsal


Crédito: divulgação

Seguindo o cronograma de preparação para o Campeonato Pernambucano sub-20 de futsal a equipe do Tigre/Custódia foi até a cidade de Amaraji para disputar mais um amistoso.

No final empate por 2×2 mas a comissão técnica do Tigre achou que o time poderia sair com a vitória. Isso por que a equipe abriu 2×0 no placar, com gols de Gabriel Mutuca.

No finalzinho do primeiro tempo o Amaraji diminuiu com Baixinho e na etapa final chegou ao empate com gol de Kleiton. O Tigre/Custódia segue se preparando para o Pernambucano sub-20 e nos próximos dias deve anunciar um novo amistoso.

Fonte: Infofutsal

[Diário de PE 1994] "Sou o ceguinho de Custódia"



Comentário muito interessante de um leitor do Jornal Diário de Pernambuco em uma de suas edições do ano de 1994, sobre um determinado passageiro cego que circulava pelos ônibus da região, confiram:

Já em Custódia, existe um ceguinho que parece mais um turista do que cego pedinte, pois é facilmente encontrado viajando nos ônibus da viação Progresso pra lá e pra cá, fazendo com essas viagens diversas feiras e colhendo dinheiro para sua sobrevivência. O ceguinho de Custódia parece mais um passageiro comum. Entretanto, toda vez que é encontrado no ônibus pela fiscalização não pronuncia outra palavra senão: “sou o ceguinho de Custódia“.

Por Paulo Peterson

Agenda da semana do Prefeito Luiz Carlos


[Opinião] D. Zita Queiroz comenta a construção de sanitários públicos na nova Praça Ernesto Queiroz



Prezados amigos, quero registrar minha indignação com relação à construção de sanitários públicos na Praça Ernesto Queiroz. Um dos cartões postais da nossa cidade estão ameaçado pela inclusão de sanitários em seu centro. 

Minha alegria em saber que a praça que traz o nome do meu pai, Ernesto Queiroz, que por três vezes foi prefeito do nosso município, foi embora no momento em que eu soube da construção de banheiros públicos em frente à minha residencia. 

Quanta tristeza estou sentindo pela desconsideração demonstrada a mim e a minha família, e também aos moradores daquela rua. Sabemos o quanto sanitários públicos estão sujeitos a causar desconforto e dores de cabeça onde são instalados, principalmente em área residencial. 

Sabemos que não haverá uma limpeza adequada, a exemplo daqueles construídos na " bomba". Ademais, haverá quiosques onde, com certeza, serão vendidas bebidas alcoólicas, daí não preciso relatar para que servirão tais banheiros. 

Assim, temo pela tranquilidade das famílias residentes na rua, bem como sou contra tais instalações que não servirão para embelezamento da praça, tampouco bem estar da população. Deixo aqui meu protesto não como eleitora, e sim como cidadã que há 79 anos reside na Praça Ernesto Queiroz, n. 45, e hã mais de 50, como tabeliã, tenho meu estabelecimento na mesma rua de n. 21.

Assim, a nova estrutura da praça que vem sendo construída em n nada lembra a Praça Ernesto Queiroz que um dia ali esteve erguida, muito menos descreve o projeto doado pela arquiteta Fabíola Secchin, e aprovado pela população.

por Zezita Queiroz

20 junho, 2016

Chapa de situação definida em Custódia: Zé Wilson será vice de Luiz Carlos


Prego batido, ponta virada. Em Custódia, o companheiro de chapa do prefeito Luiz Carlos (PT), pré-candidato a reeleição, já está definido. O vice de Luiz Carlos será o ex-vice-prefeito do município, o médico José Wilson. Filiado ao Partido Democrático Brasileiro (PDT), Zé Wilson deixou o grupo oposicionista por não concordar com a composição da chapa Manuca/Luciara (prefeito/vice) respectivamente formada segundo o médico, sem uma discussão com o grupo.

Zé Wilson, que era um dos mais críticos à gestão de Luiz Carlos, mudou o discurso e agora ele vai caminhar junto com o projeto político do atual prefeito. O ex-vice-prefeito deve ter seu nome homologado como o vice na chapa situacionista nas convenções a serem realizadas entre 20 de julho e 05 de agosto. A informação foi repassada em primeira mão pelo próprio médico, ao Repórter do Pajeú, Itamar França.

18 junho, 2016

Hoje tem Luar do Sertão na abertura do São João de Arcoverde 2016


HOJE!!!! Sábado 18/junho-2016
Na abertura oficial do SÃO JOÃO DE ARCOVERDE 2016.

Levando maracatu, xote, coco, xaxado e baião no MATULÃO!
VIVA SÃO JOÃO !!!!! 

A.D. Custódia ADC participará da II Copa do Sertão de Futsal



Foi lançado ontem, dia 17/06/2016, na cidade de Lagoa Grande, a COPA SERTÃO DE FUTSAL SUB-20, realizada pela FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE FUTSAL.

A competição tem início em 08/07 e vai até 16/07 com jogos realizados em Cabrobó.
Dentre as 08 cidades participantes, Custódia confirmou participação através da A.D. Custódia Adc que tem sobre seu comando os jovens Edilson Silva e Eduardo Silva.
A competição dará aos 4 melhores colocados a filiação na FPFS.
 
O grupamento das equipes que foi sorteado hoje em Lagoa Grande-PE, foi o seguinte:

CHAVE A - Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Sertânia e Orocó.
CHAVE B - Petrolina, Custódia, Terra Nova e Lagoa Grande.

Bar do João tem hoje Feijoada, Buchada e Galinha Capoeia



Fica aqui na rua do Cartório Eleitoral (por trás do Colégio Ernesto Queiroz)...
Venha...Traga a família...Os amigos...Os conhecidos!!
Comida de primeira qualidade e a cerveja mais gelada de Custódia!!
Começa às 11 horas...
Telefone: 99607-5172
Organização:João e Givoneide Gouveia

Junina Luar de Prata, de Custódia vence o 3º Festival de Quadrilhas Junina de Quixabá-PE


Homenageando o Rei do Baião Luiz Gonzaga, com o tema "Contos e Cantos do Gonzagão", a Junina Luar de Prata, da cidade de Custódia, existente há 15 anos, foi a grande campeã do 3º Festival de Quadrilhas Juninas promovido pela Prefeitura Municipal da Quixaba através da Secretaria de Cultura na noite desta quarta feira 15, no Pátio de Eventos Solidônio Pereira de Carvalho, em Quixaba.



Com uma abertura espetacular onde membros interpretes da ave carcará arrepiou e emocionou o publico presente, focando a vida e obra de Luiz Gonzaga e o povo sertanejo.

A Junina Sanfonar, da cidade de Afogados da Ingazeira com glamouroso espetáculo e um dos mais belos da noite, com o tema "Meu Sertão de Cabo a Rabo", ocupou a segunda colocação. O terceiro lugar foi conquistado pela Junina Fogueirart da cidade de Solidão.


A Quadrilha Flor do Sertão da cidade se Serra Talhada foi contemplada com o Melhor Rei e Melhor Rainha.
A Junina Sanfonar também levou os prêmios de Melhor Noivo, Melhor Noiva e Melhor Marcador.

O Prefeito José Pereira Nunes (Zé Pretinho) ao lado da Primeira Dama Socorro Salvador prestigiaram o evento acompanhados do vereador João Vianney, do pré candidato a prefeito Tião de Gaudêncio e do pré candidato a vice prefeito Francisco Cabral (Fanca).

Por Cauê Rodrigues

17 junho, 2016

Domingo tem Chiclete em Serra Talhada


Próximo domingo, nosso atleta Chiclete vai competir em Serra Talhada, vamos torcer por uma boa colocação deste atleta que cresce aqui cada dia que se passa.

Chiclete breve vai participar de várias corridas de nível Internacional.

Fonte: Custódios News

Amanhã tem desafio de futsal: AD Tigre /Custódia Futsal contra Amaraji Futsal


CAMPEONATO PERNAMBUCANO DE FUTSAL - SUB-20 2016
Custódia estará participando com parceria do Tigre futsal de Garanhuns.

Custódia será palco mais uma vez da 2ª mostra de Quadrilhas juninas da região.

 

Mais uma vez a Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo irá promover a 2ª Mostra de Quadrilhas, um grande evento que na edição anterior levou para quadra da Escola Ernesto Queiroz um grande público que prestigiou a cultura regional. Esse ano não será diferente uma grande estrutura com som e luzes recepcionará e abrilhantará ainda mais as apresentações.

André Brasiliano ASCOM-PMC

Agenda do Prefeito Luiz Carlos


[Opinião] Construção de banheiros na nova Praça Ernesto Queiroz gera polêmica


Mais uma vez a população é "vitima" das arrogâncias, da estupidez, dos descasos, dos desrespeito e das mediocridades dos gestores municipais, pelos quais o Município de Custódia tem passado, já a alguns (digo: muitos) anos.

Mas também, como poderíamos esperar coisa boa de mentalidades tacanhas, inescrupulosas, anti éticas e gente que não respeita ninguém, nem a si próprios!

Já bastava conviver com todo tipo de baixaria dos "antigos barracos", onde um dia existiu uma bonita e aprazível praça e fora homenageada com o nome do ilustre Prefeito Ernesto Queiroz. 

Agora, mais uma vez, estamos nos deparando com mais um afronta e desrespeito à sociedade, às distintas famílias: Santos, Góis, Queiroz, Lima, Campos, aos bons costumes e aos espaços públicos da cidade.

Não bastando a construção de "novos barracos", de escusas "concessões" comerciais. Ou a que(ou a quem) se destina o "aluguel" dos mesmos. 

Estão construindo "banheiros públicos" ! BANHEIROS PUBLICO?

Daí, as perguntas que não querem falar:

1. Banheiros Públicos, numa praça central?
2. Numa área nobre?
3. Em frente às residências de famílias tradicionais e respeitosas?
4. Pra atender a quem? A sociedade!
5. Quer dizer que tiram da ponte e vem colocar numa praça? 
6. Já não basta o trambolho daquela torre e suas instalações?
7. Que mais vão inventar, pra atender à quem? Correligionário?
8. Onde está a Câmara Municipal, pra fiscalizar as "obras" do Executivo? 

Não tenho nada contra trabalhadores ambulantes, que estão procurando sobreviver, vendendo seus produtos nos espaços públicos. Mas daí perpetua-los em pontos comerciais fixos, numa praça central! Dá espaço pra pensarmos um tanto de coisas! Ou não dá?

É trocar seis por meia dúzia! E ainda de quebra acrescentar a fedentina característica e conhecida, de instalações desta natureza.

É até aceitável, quando mantido os devidos e necessários anceios, nos entornos dos Mercados Públicos, dos Parques de Exposições, de Rodoviárias, Prefeituras e/ou Câmaras Municipais. Mas em frente a resistências de distintas famílias?

Se o tal "prefeitinho" acha tão normal, porque então constrói em frente a casa dele. Já que é tão afeiçoado ao "seu povo", um "social democrata".
 
Há! Pode aproveitar e fazer um lugar pra amarrar os tantos cavalos, porcos, vacas, bodes, jumentos e outros que andam às soltas pela cidade, revirando o lixo que se acumula na cidade. Já que é tão afeiçoado aos quadrupedes!

Fica aqui meu protesto e indignação a tamanha grosseria e desrespeito a ilustre família, a que integro.

P.s.: Não duvido que o tal "prefeitinho" venha, com seu característico cinismo, pedir o busto do Prefeito Ernesto Queiroz à ilustre família, pra fixar na referida praça e ainda querer usar a figura da nobre e distinta, D. Zezita Queiroz, como pilar ao seus escusos interesses politiqueiros.

Francamente, é muita cara de pau!

Por Gerardo Collyer
(*) Todo e qualquer texto publicado não reflete necessariamente a opinião deste blog. Refletem apenas a opinião do autor.

06 junho, 2016

Custodiense é destaque em matéria no JC

Sonho de bolsistas do Proupe ameaçado 
por falta de pagamento do Estado



Rodrigo Amaral, 26 anos, mora na zona rural de Custódia, Sertão pernambucano. Cícera de Cássia, 21, também é sertaneja de Afogados da Ingazeira. Maria de Lourdes Gomes, 30, vive em um sítio em Canhotinho, no Agreste do Estado. São filhos de agricultores e os primeiros (ou únicos) da família a ingressarem na faculdade, graças a bolsas que recebem do Programa Universidade para Todos de Pernambuco (Proupe).

Eles vibram com a possibilidade de conseguir diploma para construir um futuro diferente dos seus pais ou avós, que mal terminaram a educação básica e sobrevivem do que brota da terra. Mas os sonhos deles podem ser interrompidos porque as instituições em que estudam – todas autarquias municipais – estão acumulando dívidas e atrasando salários de professores e funcionários devido ao não repasse regular da verba do programa, criado e mantido pelo governo estadual desde 2011.

Já são três meses sem receber (março, abril e maio), o que representa cerca de R$ 4,2 milhões ainda não pagos pelo Executivo este ano. A parcela de fevereiro foi quitada no último dia 25. O problema começou no ano passado, quandoos atrasos também foram frequentes.

Das 13 autarquias existentes em Pernambuco (com 20 mil alunos no total e apenas uma localizada no Grande Recife), quatro têm mais de 70% do corpo discente como bolsista do Proupe: Aeset, de Serra Talhada (84%); Aemasul, de Palmares (73%); Aesa, de Arcoverde (72%) e ABCDE, de Belém de São Francisco (71%).


O programa, lançado pelo então governador Eduardo Campos, beneficia atualmente 8.808 jovens e foca sobretudo na formação de professores. Começou com 6 mil bolsas, duplicou esse número em 2014 e desde o ano passado vem diminuindo a oferta. A meta do governo é terminar o ano com 7.916 bolsistas.

“Serviços essenciais para o funcionamento das autarquias, como água, energia e internet, não estão sendo pagos. O atraso do governo compromete também a folha salarial, desestrutura investimentos e prejudica a implantação de novos cursos”, ressalta o presidente da Associação das Autarquias de Pernambuco (Assiespe), Rinaldo Remígio, que dirige a Facape, em Petrolina, no Sertão.

As autarquias de ensino são entidades de direito público, sem fins lucrativos e autônomas, ligadas às prefeituras. Juridicamente podem cobrar mensalidades porque embora sejam consideradas públicas não são mantidas pelo poder Executivo.

O Proupe surgiu na época em que as autarquias estavam financeiramente mal. Além de contribuir para a manutenção e melhoria das instituições, o programa possibilita aos jovens carentes de fora do Grande Recife a chance de ingressar no ensino superior e os estimula a se tornarem professores, principalmente em áreas críticas de mão de obra docente como na disciplina de matemática.

Segundo a Assiespe, com o Proupe houve um crescimento de 21,6% na quantidade de alunos (maior parte em cursos de licenciatura) e redução de 70% para 5% na taxa de evasão. Outro aspecto positivo da iniciativa é contemplar vestibulandos que ficam de fora das concorridas seleções das Universidades Federal (UFPE) e Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), interiorizadas uma década atrás; da Universidade de Pernambuco (UPE), que se expandiu também dez anos atrás; e da Federal do Vale do São Francisco (Univasf), implantada em 2002 em Petrolina.

DESAFIOS - Lourdes é casada e mãe de um adolescente. Adiou o desejo de ingressar na faculdade por causa da família. Agora cursa o 5º período de enfermagem na autarquia de Belo Jardim (fica a 75 km de Canhotinho). Sai de casa às 4h50 para 7h30 chegar na instituição de ensino. Paga por mês R$ 300 de transporte entre as duas cidades. Mais R$ 6 por dia do sítio Olho d’Água, onde reside, até Canhotinho. “Minha mãe me ajuda com as despesas do curso porque meu marido é agricultor. Sem o Proupe, eu e 90% da minha turma não teríamos como estudar”, afirma Lourdes. 

Cícera está no 7º período de pedagogia na autarquia de Afogados da Ingazeira. Antes cursou normal médio (antigo magistério). Divide a graduação com aulas que leciona numa escola municipal. “Meus pais, como os de muitos dos colegas, vivem da agricultura. Com a seca, poucos conseguem ganhar dinheiro e nos ajudar. As bolsas do Proupe são a nossa chance de planejar um futuro melhor”, observa Cícera.

“Ao me formar, estarei realizando um sonho meu e de meu pai. Ele sempre trabalhou na roça. Não terminou a 2ª série. Uma das alegrias dele é me ver na faculdade. Só tentei o vestibular porque havia o Proupe. Moro em Custódia e a faculdade fica em Arcoverde (distante cerca de 80 km). Gasto uma hora, de ônibus, para chegar na autarquia”, conta Rodrigo, aluno do 7º período da licenciatura em história. “Me vejo professor, ensinando. O governo não deveria enfraquecer o Proupe. Do jeito que a educação vai, o certo seria fortalecer o programa”, opina Rodrigo.

27 maio, 2016

Construção do novo Fórum de Custódia: Desembargador Leopoldo Raposo atende pedido do prefeito Luiz Carlos e as obras serão iniciadas de imediato


O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, Desembargador Leopoldo Raposo recebeu em audiência na terça-feira, 23 de maio de 2016, o Prefeito de Custódia Luiz Carlos Gaudêncio de Queiroz.

No encontro, Luiz Carlos iniciou por apresentar os parabéns ao magistrado por sua eleição e posse no comando do Poder Judiciário,para a gestão 2016 – 2018.

Ainda na ocasião, foi abordado o assunto referente à construção da sede do novo fórum de Custódia, tendo o desembargador elogiado a área de mil metros quadrados, disponibilizada pelo Município para edificação da obra, bem como as providências tomadas pela administração para a transferência da titularidade do imóvel.

Segundo o desembargador, o pleito do Prefeito é justo, tendo em vista que as atuais instalações do fórum não mais comportam a demanda e com a construção da nova unidade haverá espaço suficiente para o funcionamento de até quatro varas, além de juizado especial.

O Presidente do Tribunal acolheu ainda o pedido do Prefeito Luiz Carlos no sentido de recomendar a contratação de mão-de-obra de da cidade de Custódia, pois segundo o gestor, a cidade possui profissionais capacitados que inclusive laboraram nas obras da Transnordestina e da Transposição.

O Prefeito Luiz Carlos apresentou ainda ao chefe do Poder Judiciário o cenário do Município de Custódia, em especial no segmento da educação e segundo o desembargador “o exemplo de Custódia deve servir para todos os gestores, pois o caminho da educação deve ser o norte nas administrações públicas.”

Ficou acertado que já na próxima semana, serão ajustados os pontos referentes a documentação de transferência e a licitação para contratação da empresa responsável pela obra vai ser realizada de imediato para início das construções no prazo mais breve possível.

Estiveram presentes na reunião, o Diretor Geral do Tribunal de Justiça, Dr. Ricardo Lins e o advogado Pedro Melchior de Mélo Barros, da assessoria jurídica do Município de Custódia.

29 abril, 2016

Custodiense Francisco Alves em entrevista com Flor Fernandes


Francisco Alves tem biografia publicada no Blog Custódia,  conheça a história desse custodiense, que mora atualmente em Limeira-SP, basta acessar o link: AQUI.

Demais artigos publicados por Francisco Alves: AQUI

[Diário de PE] Igreja impede avanço de obras da Transnordestina em Custódia

Foto: Ricardo Fernandes/DP

Quem pensa que a igreja abre caminhos pode até ter provas legítimas de que é verdade, mas a “fé” do governo federal não deve funcionar muito bem, principalmente em Pernambuco. A obra da ferrovia Transnordestina é o retrato claro. A construção está parada por conta da Igreja São Luiz Gonzaga, que já virou famosa em Custódia por “travar” o trem de passar.

Há pelo menos dois anos, e desde então, não há oração que faça essa obra andar e quebrar a ironia de integrar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Especialistas alertam para os equívocos do planejamento da obra até a execução e garantem que o simbolismo da igrejinha representa a falta de prioridade com o projeto. Além disso, pela importância para o país, reforçam que não deveria ser tratada como item político. O Ministério dos Transportes não apresenta sequer uma previsão de conclusão nos últimos relatórios do PAC.

“A obra estoura todos os orçamentos previstos e não tem qualquer utilidade para a economia. O custo partiu de R$ 4,5 bilhões em 2006 e chegou a R$ 11,2 bilhões atuais. A previsão de entregar em 2010 também foi ignorada. A última previsão era 2018, que eu não acredito que ocorra”, destaca o presidente da Associação Nordestina de Logística do Nordeste (Anelog), Fernando Trigueiro. “Até o percentual de conclusão é questionável. Se tivesse 55% concluídos teria algum trecho pronto, seja de Salgueiro a algum porto (Pecém ou Suape) ou na integração do Piauí. E nada disso é apresentado”, acrescenta.

A construção em Pernambuco tinha tudo para ser a primeira a engrenar. O estado foi o primeiro a concluir o processo de desapropriação das áreas que serão impactadas pela construção. O traçado passou por quatro mudanças no trecho pernambucano para livrar áreas de barragem (para evitar inundações) e centros urbanos (que encarecem as indenizações), além da igreja de Custódia, protegida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por ter restos quilombolas sob a construção do tempo. Depois de anos de entraves para definição da manutenção da igreja, foi planejada e entregue à Agência Nacional de Transportes Terrestres a mudança, com a construção passando 14 metros ao lado do templo. Uma nova igreja chegou a ser construída em 2011 para que os cultos fossem transferidos, mas não houve adesão da comunidade. Nesse embróglio, a obra estacionou.

De acordo com o professor do departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Maurício Pina, o agravante do atraso é que chega a um ponto em que, quanto mais atrasa, mais cara a obra fica para os cofres públicos. "Tratar como política é problemático. No fim, ninguém ganha. Principalmente no estágio atual, como projeto pronto e obra na metade. Não dá para recuar e desistir. Dá para concluir, se colocar como prioridade", assinala. Segundo o professor, além do caráter político, os problemas que uma obra encontra é pela falta de atenção que se dá ao projeto. "Não se prioriza a elaboração e a importância do projeto. Trabalha-se como prazos inexequíveis de elaboração do projeto para que a obra comece logo. Isso é um erro grave porque dá margens para custo imprecisos, por exemplo", pontua.

RESPONSABILIDADE
A construção é responsabilidade da Transnordestina Logística S.A (TLSA), concessionária responsável por implantar os 1.753 quilômetros de malha ferroviária, mas que, atualmente, não trabalha em Pernambuco, apenas no Ceará e no Piauí. A TLSA foi procurada pelo Diario, mas não informou quando deve voltar a mobilizar equipamentos no estado, não apresentou calendário de entrega do projeto, nem informou orçamento à disposição para tirar o projeto do papel. O Ministério dos Transportes, apesar de ser o órgão do governo vinculado à obra, disse que qualquer assunto é tratado com o agente privado.

Nos trilhos do desenvolvimento

Foto: Ricardo Fernandes/DP

Especialistas afirmam que cada paralisação de obras interfere diretamente no custo. Obras já estiveram mobilizadas em Pernambuco, em 2012, mas não avançaram. 

Os ganhos de integrar uma malha ferroviária à logística do Nordeste e do estado representam mais que a economia na redução de custos, hoje altos por depender de caminhões em estradas para movimentar a produção na região. De acordo com o presidente da Associação Nordestina de Logística (Anelog), Fernando Trigueiro, representa desenvolvimento em todas as cidades cortadas pelos trilhos, além de uma forma real de colocar nossa produção em eixos de competitividade. E assegura: se a Transnordestina sair, colocará o Nordeste em outro patamar.

“Mais de 60% do escoamento de produção do Nordeste usa rodovias. Ter o acréscimo dos trilhos reduziria o custo do frente em 30%, porque só usaria as rodovias em rotas finais ou iniciais e deixaria os grandes percursos por trem”, explica, reforçando a necessidade da integração dos modais. “O gesso do Araripe, por exemplo, perde mercado para o gesso importado, pelo custo. É mais barato importar do que trazer de Araripina até o Porto de Suape, de onde segue por navio, outro modal de integração logístico.”

Ainda segundo Trigueiro, para um país com as nossas proporções, o ideal é usar mais ferrovias do que estradas e, no Nordeste, a malha disponível é zero. “Mas a falta de envolvimento nesse aspecto frustra o setor. A obra anda somente no Ceará, o que se caracteriza um caráter político e não técnico. Qualquer que seja o governo, é preciso priorizar essa obra. São dez anos de defasagem”, ressalta.

O professor do departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal de Pernambuco, Mauricio Pina, reforça que é necessário cessar esse círculo vicioso sobre a Transnordestina. "Afirma-se que não se faz infraestrutura ferroviária porque não tem demanda para sustentar o fluxo e depois rebate-se assegurando que só não existe carga porque não tem ferrovia. E ninguém avança. É preciso superar esse círculo e perceber que a Transnordestina é importante para a economia, já tem parte executada e precisa ser concluída. OS atrasos são péssimos", ressalta. "Terraplanagem, por exemplo, é uma etapa de obra muito exposta. Se fizer essa parte e parar, o próximo recurso que chegar vai ser usado para refazer em vez de avançar. Terrível para uma construção e uma forma muito improdutiva de tratar recurso público", complementa.

Mobilização em outros estados

Com status de 100% parada em Pernambuco, a obra tem sinais de mobilização nos demais estados. Ainda assim, sem grandes expressão de engenharia. O governo federal apresenta um balanço de 55% de conclusão na obra total, mas não consegue informar quais os trechos que têm todas as etapas da montagem de trilhos realizadas. No Piauí, por exemplo, o trecho que possuía canteiros de obra em operação demitiu mais de mil pessoas há um mês e a obra parou. Há uma semana, o último lote resistente também parou, pouco mais de seis meses depois de iniciar. Ninguém foi recontratado para retomar as atividades, segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Construção pesada lotada no Piauí. No Ceará, a obra reúne o maior volume de obras.

Hoje, a obra emprega mais de três mil operários, maioria no Ceará. Missão Velha-Pecém reúne o maior volume de trabalhadores. O trecho possui atividades e mais de 2 mil trabalhadores na construção. O governador do Ceará, Camilo Santana, teria solicitado um repasse de R$ 3,5 bilhões para entregar a rota no estado. Sobre a possibilidade de voltar as atividades no Piauí, a TLSA não informou qualquer data para a obra ser retomada. A concessionária não deu prazos para resolver o impasse da igreja em 

Pernambuco, nem se será garantida a continuidade da obra no Ceará. Conforme o projeto, a ferrovia poderá transportar 30 milhões de toneladas/ano, com destaque para granéis sólidos (minério e grãos).

Entenda as mudanças na obra

- Entre 2005 e 2006, na fase de tirar o projeto inicial do papel, a ferrovia teria 800 quilômetros de novos trechos ferroviários e 1.100 seriam aproveitados de malhas já existentes da Rede Ferroviária Federal, que passariam por remodelação.

- O projeto passou por fortes intervenções em 2011 e passou a ser 100% rota de trilhos novos, sem trechos a serem recuperados.

- Para evitar áreas de inundação com a construção da barragem de Serro Azul, iniciada em 2015, o traçado foi readequado em 2011.

- Outra alteração ocorreu para que o centros urbanos das cidades de Escada, Gameleira e Ribeirão não fossem “cortados” pelos trilhos. A proposta foi apresentada em 2012.

- O projeto sofreu intervenção em 2014 para desviar o centro do Cabo de Santo Agostinho, onde, inclusive, está sendo implantado o projeto Convida Suape, cidade planejada para 100 mil habitantes.

- Em 2015, uma nova mudança inclui, além de atualização e reajuste, uma incorporação de novos pontos de engenharia, que inclui os pontos de mudança de rotas, postos de acessibilidade, adequações e custos com medidas socioambientais.

- O prazo de entrega do projeto, atualmente, é 2017.

Mudanças no custo:

O orçamento para a obra já foi reajustado três vezes

Começou em 2007 com R$ 4,5 bilhões
foi reajustado em 2010 para R$ 5,4 bilhões
e revisto em 2013 para R$ 7,5 bilhões
A última revisão de custo foi em 2015 e levou o valor da obra para R$ 11,2 bilhões.

Fonte: Transnordestina Logística S.A. (TLSA)/Ministério dos Transportes

28 abril, 2016

Prefeito Luiz Carlos aumenta em 11,36% salário dos professores


Por Juliano Oliveira

Os servidores da educação receberão esse mês com aumento. 

O prefeito Luiz Carlos, sancionou a LEI Nº 1116, DE 26 DE ABRIL DE 2016, reajustando o Piso Salarial dos Professores da Educação Básica do Município de Custódia, sendo considerado um aumento de 11,36%, ficando o valor do salário base de R$ 1.600,50 (Um mil seiscentos e cinquenta centavos), para a classe A, e nível I (faixa inicial), da carreira dos Professores da Educação Básica séries iniciais de R$ 2.135,64 (Dois mil cento e trinta e cinco reais e sessenta e quatro centavos). 

Os demais profissionais da Educação (motorista, Assistente administrativos, auxiliares, merendeiras, vigilantes), terão aumento também, além do aumento do salário mínimo, terão mais 5% de reajuste, mesmo sem obrigação na legislação federal, o prefeito mantém o que já vinha praticando desde o inicio de sua gestão, ou seja, estendendo o aumento a todos os profissionais da Educação.

Em diálogo com a categoria o prefeito expôs que a receita do FUNDEB, de janeiro e fevereiro de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015, houve um aumento de apenas 4,28% e que pelo PCCRM os aumentos aplicados aos servidores ativos refletirão no mesmo índice aos inativos, agravando ainda mais a insustentabilidade financeira do CUSTOPREV.

Porém, pensando em atender ao pleito dos profissionais da educação, em cumprir o piso nacional, diferente do governo estadual, que ignorou o piso em 2015 e 2016, diferente também do prefeito anterior que só iniciava a cumprir o piso no segundo semestre, o prefeito pagará logo esse mês com aumento.

ASCOM PMC

27 abril, 2016

Joãozito Moura é o entrevistado do programa Espaço Aberto próximo sábado


O Programa Espaço Aberto recebe o ex-Secretário de Obras do governo atual, Joãozito Moura, em entrevista com Fernando Alves e Junior Cavalcante.

Falando sobre o futuro politico de Custódia e o cenário atual da política.

Neste sábado, a partir das 11h, no Programa Espaço Aberto, participação especial do analista politico Itamar França, diretamente de Afogados da Ingazeira.

Tabajara de Custódia tem interesse em disputar o Campeonato Master de Arcoverde.


GIRO REGIONAL.

Devido ao campeonato de futebol master de Arcoverde, obter sucesso pela organização do desportista Djacir Justiniando o popular ''Ci'' que sempre conta com várias equipes de Arcoverde e também da região.

Muitos ex-jogadores que já passaram pelos clubes do futebol pernambucano, nordestino e a nível nacional, atuam nos times que participam nesta competição do futebol master de Arcoverde.

Um time da região tem interesse em disputar o campeonato de master deste ano. Trata-se do Tabajara de Custódia, que viu a matéria no blog esportivo Arcoverde Esporte News, falando sobre as equipes confirmadas para o 27º campeonato de futebol master. A diretoria do Tabajara ainda entrará em contato com o organizador "Ci", para definir detalhes.

Fonte: Esporte Arcoverde News

20 abril, 2016

Grupo Luar do Sertão se apresenta nesta sexta no Festival Viva Dominguinhos em Garanhuns

Nando Azevedo foi uma das atrações do sábado (26) no polo do Espaço Colunata, no Centro de Garanhuns. (Foto: Jael Soares/ G1)


Luar Do Sertão Grupo de Danças estará nesta próxima sexta-feira (dia 22) marcando presença no festival VIVA DOMINGUINHOS em Garanhuns/PE.

A organização do 3º Festival Viva Dominguinhos divulgou a programação do Palco Colunata, na segunda-feira (14). Nesse polo, haverá shows na sexta-feira (22) e no sábado (23). No palco principal, subirão nomes como Elba Ramalho, Dorgival Dantas e Flávio José. O evento ocorre de 21 a 23 de abril em Garanhuns, Agreste pernambucano.

No "Colunata", a Banda do 71º BIMTz fará um "Concerto para Dominguinhos" e o "Projeto Roda de Sanfona" contará com participações de: Orquestra de Sanfonas de Garanhuns; Messias da Sanfona; Severino da Sanfona; Canarinho e Beija-Flor; Genivaldo/Brejão; Cícero Basílio/Correntes; Zezinho Barros; Cloves, do Trio Asa Branca; Zuza, do Forró Pé Quente; além de Walmiro Sobral, do Forró Fênix. Haverá ainda atrações como Nando Azevedo e Rogério Rangel.

Além dos palcos montados na Praça Cultural Mestre Dominguinhos e no Colunata, população e visitantes contarão com alguns projetos especiais: o Workshop "Desmistificando a Sanfona", a intervenção urbana "Dominguinhos em Quadros" e a Caminhada do Forró Viva Dominguinhos.

Programação do Palco Colunata:

22 de abril (sexta-feira)

Banda do 71 BIMTz - "Concerto para Dominguinhos"
Mateus Cordeiro e Deivinho
Banda Forró Total e Bezerra da Gaita
Grupo Cultural Luar do Sertão/Custódia "Dominguinhos, do Luar ao Sertão"
Daniel Gouveia
Genaro

23 de abril (sábado)

Os Coroas do Forró
Lucas do Acordeon e Banda
Ananias Júnior e Convidados
Projeto Roda de Sanfona com as participações de: Orquestra de Sanfonas de Garanhuns; Messias da Sanfona; Severino da Sanfona; Canarinho e Beija-Flor; Genivaldo/Brejão; Cícero Basílio/Correntes; Zezinho Barros; Cloves, do Trio Asa Branca; Zuza/Forró Pé Quente; Walmiro Sobral/Forró Fênix.
Nando Azevedo
Rogério Rangel

Programação do Palco Principal:

21 de abril (quinta-feira)
Forró Pesado
Cristina Amaral
Quinteto Violado
Jorge de Altinho

22 de abril (sexta-feira)

Mourinha do Forró
Flávio Leandro
Waldonys
Dorgival Dantas

23 de abril (sábado)

Kiara Ribeiro
Maciel Melo
Elba Ramalho
Flávio José.