30 novembro, 2015

Programa Espaço Aberto entrevistou Nemias Gonçalves e Luciara Frazão


Os convidados dessa semana no Programa Espaço Aberto com Júnior Cavalcanti e Fernando Alves foram o ex-Prefeito Nemias Gonçalves e sua filha Luciara Frazão Lima para falar sobre as alianças politicas e as perspectivas futuras para o nosso município. 

O tema foi Custodia precisa do quê? Mais uma vez uma grande audiência. Parabéns aos entrevistadores do programa Espaço Aberto por essa iniciativa trazendo a nossa cidade o direito de todos poderem de igual para igual sem distinção de partido, raça ou credo o espaço aberto é pra todos...

26 novembro, 2015

Municípios denunciam redução de mais de R$ 4 bi nos repasses federais da saúde


Os Secretários de Saúde do país reunidos em Brasília firmaram uma nota contra a redução anunciada de acordo com o Projeto de Lei Orçamentária 2016 – PLOA 2016.

O projeto indica que o Ministério da Saúde fará uma redução de R$ 4,3 bilhões, onde R$ 3,8 bilhões foram concentrados nas despesas destinadas aos procedimentos de Média e Alta Complexidade – MAC.

“Entretanto, o que causa preocupação, especialmente para a gestão municipal foi que a redução de R$ 3,8 bilhões está focalizada na Modalidade de Aplicação – 41 – Transferências fundo a fundo municipais, ou seja, redução direta no financiamento das ações do MAC nos municípios”, diz o Conasems – Conselho Nacional de Secretários de Saúide.

21 novembro, 2015

Entrevista com Prefeito Luiz Carlos no Programa Espaço Aberto tem grande audiência



Ainda sobre o Programa Espaço Aberto tivemos a participação do Anderson dos Santos que representou Custódia nas duas corridas que participou no ultimo final de semana. E ainda falou sobre a necessidade de apoio da população de Custodia. 

Queria dizer mais uma vez que o programa Espaço Aberto tem o dever de esclarecer que as perguntas feitas ao entrevistado como o prefeito Dr. Luiz Carlos, não são formuladas anteriormente, a condução das perguntas são dadas conforme a participação dos ouvintes... 

A questão de não haver a participação ao vivo no mesmo, que muitas vezes entendemos a insistência em fazerem suas aclamações. Mais é puramente uma forma responsável da nossa produção evitar constrangimentos a os entrevistados... 

Muitas vezes identificamos pseudônimos de pessoas que usam outros nomes ou simplesmente não querem se identificar. Para não ocorrer nenhum tipo de agressão verbal a essas pessoas, a direção optou em levar as explanações dos participantes de forma que sejam transformadas em perguntas a os entrevistados. 

E para os que criticam o critério utilizado pela produção da Nova Pan FM, saibam que mais uma vez batemos picos de audiência na entrevista com o Prefeito Dr. Luiz Carlos. Audiência totalmente satisfatório para a emissora... 

Sem Mais. 

Diretor Executivo de Programação : Fernando Alves

[TV Asa Branca] Moradores de Custódia temem surto de dengue

19 novembro, 2015

10 Anos de Terço dos Homens


No dia 15 de novembro de 2015, a comunidade católica paroquial de Custódia - Paróquia São José - , celebrou os 10 anos de caminhada do terço dos homens. 

Fundado em 2005, por apenas 5 homens, que rezavam em seu próprio trabalho, este pequeno grupo, tomou a iniciativa de o rezar na Igreja Imaculada Conceição, Bairro da Redenção, nos últimos três anos este mesmo grupo tomou a iniciativa de visitar outras comunidades na intenção de criar novos grupos do terço dos homens, o que aconteceu, pois o mesmo tem se alastrado pela nossa paróquia de uma forma abençoada, levando aos homens, a partir da contemplação dos mistérios do terço, viver a graça salvífica de Jesus Cristo. 

Com mais de 20 grupos do terço espalhados pelas comunidades de zona rural e urbana, o movimento celebrou a vitória de estar atuante e ativo na paróquia. Parabéns a cada homem do terço, que com sua disponibilidade e fé, tem transformado a realidade de muitas famílias, parabéns a comunidade paroquial, que de forma acolhedora e missionária se coloca a disposição do serviço ao reino. 

18 novembro, 2015

Microcefalia: zika vírus é a causa provável



Foi confirmada, nesta terça, a identificação do zika vírus em líquido amniótico (dentro do útero) de duas gestantes da Paraíba com diagnóstico de microcefalia intrauterina

O Ministério da Saúde confirmou, na tarde desta terça-feira (17), que o vírus zika é a causa mais provável do aumento do número de casos de microcefalia no Brasil, este ano. De acordo com o diretor da Divisão de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, o número de casos notificados está em 399.

Segundo ele, dois fatores fortalecem a suspeita: não se encontrou nenhuma outra causa e houve grande circulação do vírus no Brasil em 2015. Além disso, foi confirmado hoje a identificação do zika vírus em líquido amniótico (dentro do útero) de duas gestantes da paraíba com diagnóstico de microcefalia intrauterina. O diretor disse que três técnicas diferentes de exames confirmaram os resultados.

“É altamente provável a correlação entre as duas coisas (zika e microcefalia). Estamos sendo extremamente cautelosos com essa definição porque a situação é toda nova. Não tínhamos relatos anteriores sobre relação de vírus zika com malformação congênita de qualquer espécie. Fazer essa relação é algo novo na ciência. Os cientistas do mundo que quiserem, devem nos ajudar”, declarou Cláudio Maierovitch. Apesar de o zika ser a principal hipótese, ainda não estão descartadas outras possíveis causas.

O diretor não detalhou quantas crianças notificadas nesse universo de 399 estão em Pernambuco. Mas a Secretaria Estadal de Saúde (SES) deve fornecer a informação em coletiva marcada para a tarde desta terça (17). Ainda de acordo com Cláudio Maierovitch, no primeiro semestre deste ano houve circulação intensa de zika vírus em praticamente todos os estados do Nordeste. Mas não é possível saber a intensidade dessa epidemia em todos os locais porque não existem produtos para diagnóstico laboratorial.

As duas gestantes que apresentaram vírus zika no líquido amniótico apresentaram o mesmo quadro já relatado por outras mães: febre baixa, manchas no corpo, duração curta da doença (de três ou quatro dias). Elas tiveram a infecção no primeiro trimestre da gravidez.

Cláudio Maierovitch recomendou às gestantes que sigam as rotinas de pré-natal, não usem medicamentos sem conhecimento médico e evitem contatos com possíveis fontes de infecção de qualquer tipo, como pessoas com febre, por exemplo. “Dada a suspeita do vírus zika, é preciso evitar a exposição aos mosquitos, mesmo que não seja fácil. Procurar não frequêntar lugares onde os vírus são abundantes. Fazer uso de repelentes e roupas com mangas longas.”

DP

16 novembro, 2015

Crise nas prefeituras continua em 2016

Para dois especialistas em gestão pública, as Prefeituras devem começar o ano de 2016 em uma situação ainda mais delicada. Isso porque o mês de janeiro trará uma trinca de aumentos para os gestores municipais: salário mínimo, piso dos professores e piso dos agentes de saúde. O impacto na despesa com pessoal ainda é incerto porque os percentuais dos reajustes ainda não foram definidos. Para piorar, o crescimento dos gastos não deve ser acompanhado de uma melhora na arrecadação de impostos, uma vez que as perspectivas são de que a economia brasileira só comece a dar sinais de recuperação no segundo semestre.

Se o cenário já não fosse difícil, alguns prefeitos devem começar o ano com débito. Sem poder arcar com duas folhas salariais e obrigados por Lei a pagar o 13º até o dia 20 de dezembro, os gestores podem atrasar o salário de dezembro e começar 2016 já devendo aos servidores.

“É um ano que já começa ruim. O cenário não é tão animador porque o crescimento natural das despesas tende a ocorrer a arrecadação não deve crescer de maneira significativa. Tem que ter uma solução que faça a ponte até a retomada do crescimento. Pode até não ser a CPMF, que é um imposto que tem os seus defeitos, mas é de arrecadação rápida”, defende José Luiz Pagnussat, ex-presidente do Conselho Federal de Economia.

Ele lembra que, por estarem na reta final dos mandatos, os prefeitos podem ser submetidos a improbidade administrativa por descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e defende que o Congresso deveria se debruçar em uma solução para essa questão, devido a situação fiscal dramática dos municípios.

Para o professor Itsvan Kasnar, diretor do Programa de Estudos e Promoção do Desenvolvimento dos Estados e Municípios da FGV, há ainda um agravante, sobretudo no Nordeste, que é a seca. “Nós temos 5.577 municípios no Brasil. Alguns são capazes de sustentar as contas públicas, mas cerca de 3.780 são permanentemente dependentes da União e dos estados. Em um momento de crise, essa dependência vai se acentuar”, afirma.

(Via: PE Notícias)

12 novembro, 2015

Entrevista de Plínio Fabrício a Panorama FM - Resultado das eleições do Conselho Tutelar 2015


Clique no PLAY e escute na íntegra a entrevista.

Aprovado fim da cobrança extra por chamada feita ou recebida fora da área de registro do celular


A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado aprovou nesta quarta-feira (11), em caráter terminativo, parecer favorável do senador Walter Pinheiro (PT/BA) ao PLS 85/ 2013, que extingue a cobrança do adicional por chamada em ligações realizadas nas redes de empresas pertencentes ao mesmo grupo econômico. A proposta extingue o adicional cobrado pela prestadora do serviço de telefonia móvel por chamada recebida ou originada, quando o usuário estiver utilizando a linha em área diversa daquela em que a sua linha telefônica foi registrada (serviço conhecido como roaming). A proposta será agora examinada pela Câmara dos Deputados.

Walter Pinheiro defendeu o projeto como uma das contribuições para a redução das tarifas da telefonia do Brasil, onde ele diz que o preço da telefonia móvel ainda é muito alto.

— O projeto é uma das contribuições do Legislativo para baratear as ligações para os consumidores. Aqui no Brasil, o minuto do celular é um dos mais caros do mundo, principalmente para a camada da população que mais utiliza o celular. O Brasil tem mais de 270 milhões de celulares. Desses, 80% são aparelhos pré-pagos, com o minuto mais caro. E para baratear as ligações estamos vencendo, por etapas, com a aprovação de medidas como a proposta aprovada hoje — afirmou ele.

Durante o encaminhamento da votação, Pinheiro lembrou também que a extinção da cobrança acompanha um debate mundial, que prevê práticas que reduzem custos e simplificam os processos das ligações das telefonias contratadas pelos consumidores.

— Essa é uma matéria que interfere neste cenário de comunicação e acompanha um debate exaustivo que se trava no mundo inteiro, com práticas de eliminação de roaming, por exemplo. Eu ainda tenho insistido com a Anatel que a gente tem que avançar para simplificar o processo. Com a troca, por exemplo, do número da operadora e tenho até projeto nesta direção - lembrou o senador, ao se referir ao Projeto de Lei do Senado (PLS)333/2012, que torna opcional o uso dos dois dígitos da operadora de longa distância.

No parecer, Walter Pinheiro explica que a extinção da cobrança já tem sido objeto de análise de algumas operadoras e da própria Anatel.

— A cobrança do adicional por chamada é uma faculdade das prestadoras, que, a seu critério, podem não efetivá-la. De fato, as empresas têm comercializado planos de serviço que não preveem a cobrança extra, em especial quando as chamadas fora da área de registro do terminal são originadas ou terminadas dentro de sua própria rede. Importante registrar que a própria Anatel, como forma de estimular a redução dos preços praticados, já sinalizou a hipótese de extinguir o adicional por chamada, o que pode ser feito alterando-se o Regulamento do SMP — alertou.

Agência Senado

11 novembro, 2015

No Japão, alunos limpam até banheiro da escola para aprender a valorizar patrimônio. Enquanto isso no Brasil...


Enquanto no Brasil escolas que "obrigam" alunos a ajudar na limpeza das salas são denunciadas por pais e levantam debate sobre abuso, no Japão, atividades como varrer e passar pano no chão, lavar o banheiro e servir a merenda fazem parte da rotina escolar dos estudantes do ensino fundamental ao médio.

"Na escola, o aluno não estuda apenas as matérias, mas aprende também a cuidar do que é público e a ser um cidadão mais consciente", explica o professor Toshinori Saito. "Ninguém reclama porque sempre foi assim."


Nas escolas japonesas também não existem refeitórios. Os estudantes comem na própria sala de aula e são eles mesmos que organizam tudo e servem os colegas.

Depois da merenda, é hora de limpar a escola. Os alunos são divididos em grupos, e cada um é responsável por lavar o que foi usado na refeição e pela limpeza da sala de aula, dos corredores, das escadas e dos banheiros num sistema de rodízio coordenado pelos professores.



Um reflexo disso pôde ser visto durante a Copa do Mundo no Brasil, quando a torcida japonesa chamou atenção por limpar as arquibancadas durante os jogos e também nas ruas das cidades japonesas, que são conhecidas mundialmente por sua limpeza quase sempre impecável. (BBC)

Enquanto isso no Brasil, um vídeo no qual uma estudante agride a diretora da escola por ela ter lhe confiscado o telefone celular se tornou viral na internet e abriu uma série de discussões sobre violência na escola.

Donos de cinquentinhas têm 30 dias para entregar documentos pendentes

O prazo para emplacar as motocicletas com potência igual ou menor a 50 cilindradas, as "cinquentinhas", termina nesta quarta-feira (11). Devido à dificuldade dos proprietários de conseguir alguns documentos obrigatórios, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) deu o prazo de 30 dias para que os donos das cinquentinhas apresentem as pendências - desde que eles tenham dado entrada na documentação até as 16h desta quarta.

Os documentos em questão são o Nada Consta, emitido pela Delegacia de Roubos e Furtos, a documentação de transferência em cartório e o registro do veículo nas revendedoras. O condutor que tiver dado entrada na documentação não poderá será multado em blitze durante o período de um mês. (Clique aqui e leia a matéria completa do G1 PE)

Beneficiários do Bolsa Família devem atualizar dados até dia 30


Os beneficiários do programa Bolsa Família devem realizar a atualização dos dados cadastrais - referentes à saúde - até 30 de novembro. A Secretaria de Saúde de Caruaru informou que aqueles que não fizeram a renovação das informações devem ir até a Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima. O não comparecimento pode acarretar no bloqueio do benefício.

A assessoria da Secretaria informou que devem comparecer para a atualização do cadastro as famílias que não realizaram acompanhamento nos últimos seis meses. Para o atendimento, os beneficiários devem levar o número do NIS (Número de identificação Social).

Para receber o benefício, é necessário manter atualizados os cartões de vacinas das crianças de zero a sete anos, além avaliação antropométrica (peso e altura) das crianças. A avaliação das gestantes através do pré-natal e de mulheres em idade fértil (14 a 44 anos) também devem ser informadas.

Vem aí o IX Encontro das Culturas Populares e Tradicionais de Serra Talhada

Serra Talhada realiza no período de 20 a 29 de novembro o IX Encontro das Culturas Populares e Tradicionais.

O Encontro reunirá lideranças dos povos e comunidades tradicionais, Mestres e Mestras das expressões culturais populares e interlocutores destes segmentos de todo o país, além de artistas e outras representações em grupos de trabalho, comissões, colegiados, conselhos e outras instâncias de pactuação da sociedade civil com o Estado para a elaboração, monitoramento e avaliação de políticas públicas.


A Rede de Culturas Populares e Tradicionais é um movimento gestado no início dos anos 2000 e que, hoje, reúne mais de 25 mil pessoas de todo o país em permanente debate sobre os problemas e as potencialidades do setor, contribuindo para sua estruturação, reconhecimento e desenvolvimento sociocultural. Através de suas instâncias, sendo o Encontro a principal delas, seus membros vivenciam profundamente e intercambiam aspectos da diversidade cultural brasileira, abrangendo as Culturas Populares, o Artesanato, o Hip Hop, as Culturas Indígenas, o Circo, o Teatro de Rua, o Patrimônio Imaterial, as Culturas Afro-brasileiras, Povos de Matriz Africana e outros Povos e Comunidades Tradicionais.

Uma grande mostra cultural abordará a produção artística, a culinária, o artesanato e a religiosidade, além de outros aspectos fundamentais do universo simbólico popular e tradicional, partindo-se da diversidade nacional para estabelecer um diálogo com as matrizes culturais nordestinas, sobretudo a Pernambucana e, em especial, a do Vale do Pajeú. Nesta região encontra-se a cidade de Serra Talhada, berço de Lampião e capital do Xaxado, escolhida como sede do Encontro, o nono desde que a Rede ganhou estrutura formal em 2006. Exposições, rodas de conversa, mostra de cultura alimentar, feira de artesanato, vivências e apresentações recriarão o ambiente das festas populares e tradicionais
Grupo de Xaxado Cabras de Lampião

07 novembro, 2015

Secretaria Municipal de Saúde de Custódia imuniza meninas com segunda dose de vacina contra o HPV


Meninas de 9 a 13 anos da rede municipal de ensino, em Maravilha, foram vacinadas com a segunda dose contra o papiloma vírus humano (HPV) nesta quinta-feira (05), dentro da estratégia de imunização montada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nas unidades de ensino. A ação visa prevenir as meninas contra o vírus que causa, dentre outras doenças, o câncer de colo do útero. Além das Unidades Básicas de Saúde, a vacina está sendo aplicada nas escolas públicas e particulares do município, estratégia que vem se mostrando eficiente para garantir uma maior cobertura vacinal.

O vírus HPV é a principal causa do câncer do colo de útero. Para prevenir esses casos e as mortes que essa doença causa, a vacinação contra o HPV entrou no Calendário Nacional de Vacinação.

Leve sua filha de 9 a 13 anos a uma unidade de saúde para tomar a vacina. Essa pode ser a primeira geração livre do HPV.

Juliano Oliveira - ASCOM/PMC

Abertas as inscrições do Projeto da Dança ao Passo

Dezoito municípios de PE estão totalmente sem água, diz Compesa




Do G1 Caruaru e Região

Dezoito cidades de Pernambuco estão em colapso — totalmente sem água — e outras 32 estão em pré-colapso. A informação é do presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, em entrevista no Bom Dia Pernambuco desta sexta-feira (6). De acordo com a Coordenadoria de Defesa Civil do estado (Codecipe), outras 126 cidades estão em situação de emergência. Veja no vídeo acima.

“Nós temos 50 cidades que estão sendo apoiadas com carro-pipa. Temos situações no Agreste Meridional, como Jupi, Jucati, são cidades que estão no colapso total, absoluto. As barragens que abasteciam secaram e o abastecimento é exclusivemante por carro pipa”, apontou Tavares. Segundo ele, os moradores dessas e de outras cidades em colapso não precisam nem acionar a Compesa. “A gente já faz o atendimento emergencial”, explicou.

A situação é preocupante para as cidades em situação de emergência. A barragem de Jucazinho, por exemplo, atende doze cidades do Agreste do estado e pode armazenar 327 milhões de metros cúbicos de água, mas está com apenas 2,5% da capacidade. Para retirar o volume morto, a Compesa precisa fazer uma obra, já que as bombas normais já não conseguem captar a água.

Chuva

“Investimos no sistema de Jucazinho, nos últimos 60 dias, R$ 1 milhão, de forma a captar todo o restante da água e tentar chegar no próximo período chuvoso”, destacou Roberto Tavares, lembrando que o próximo período chuvoso, de acordo com as previsões, será apenas em março de 2016. “Estamos contando que não vamos ter chuva, nos preparando para isso”, declarou ainda o presidente.

Ainda segundo Tavares, a situação na Região Metropolitana é um pouco mais confortável. As três barragens que abastecem as cidades do Grande Recife estão relativamente cheias. “Pirapama está com 97% da capacidade, Tapacurá com 64% e Botafogo, que atende mais a região metropolitana norte, está com 34%”, completou ainda o presidente da Compesa.

04 novembro, 2015

A Prefeitura de Custódia realizou ações de prevenção do câncer de mama e exames oftalmológico.

[Opinião] A Saúde em Primeiro Lugar!





Até quando o povo vai suportar viver essa política de faz de conta?

O atendimento a saúde em Custódia sempre foi muito precário! Mas ultimamente tem fugido a normalidade. Como pode uma cidade com, aproximadamente, 40 mil habitantes não controlar um mosquito que vive rondando e ameaçando as pessoas, podendo levá-las a quadros de saúde graves e até ao óbito?

A cidade tá vivendo uma verdadeira epidemia de dengue e Chikungunya, ambas transmitidas pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado. Sabe-se também que a fêmea desse inseto é responsável pela febre Zika. Segundo informação, não para de chegar gente com os sintomas dessas doenças no hospital da cidade. Lembrando que esse hospital não possui estrutura nenhuma para atender casos mais complicados, tanto pela falta de profissionais especializados, ausência de equipamentos adequados, medicamentos e ambulâncias para um socorro rápido.

O direito à saúde pública está previsto na Constituição Federal expressamente nos artigos 6º e 196, sendo um direito social e fundamental, é um dever do Estado. Vale ressaltar que há décadas as pessoas sempre recorreram às cidades vizinhas para exames mais complexos em todas as áreas, Custódia continua adotando métodos paliativos como política de saúde. O quadro é preocupante.

Na minha família quase todos estão doentes. No ano passado estive em Custódia para as festas de fim de ano, a situação era a mesma de hoje, minhas filhas e eu, ficamos doentes com poucos dias de nossa chegada. Mas o caso mais grave foi o de Priscilla minha sobrinha (filha de Linalva e Flávio). A princípio, ela apresentou os mesmos sintomas das doenças acima, como não melhorava, teve que interromper as férias e voltar pra Recife. Ao chegar, foi internada com dificuldade para andar, ou seja, o quadro avançou para uma Mielite, (inflamação da medula) que atacou os membros inferiores e quase a deixou paralítica. Até hoje faz tratamento. Só sabe do que estou falando quem acompanhou o drama. Graças a Deus, o problema foi detectado em tempo, mas poderia ter sido irreversível. Agora, imagine ficar numa cidade onde não tem estrutura nenhuma para diagnosticar e tratar o problema? Somente a misericórdia de Deus para livrar a população do pior, pois se depender do gestor e da visão política dos nossos representantes estará fadada ao descaso generalizado.

Estou colocando o caso de Priscilla para que sirva de alerta a Secretaria de Saúde do Município e do Estado, enquanto instituições responsáveis pela formulação e implementação de políticas de saúde, ao Ministério Público a fim de que sejam tomadas providências em caráter de urgência e a população como detentora de direitos e obrigações pois, o mosquito não escolhe pessoas, faz qualquer um de vítima.

Por Leônia Simões

01 novembro, 2015

Vereador Paulino Avícola foi o entrevistado na Nova Pan FM

http://freegifmaker.me/

Vereador Paulino Avícola, concedeu entrevista a Rádio Nova Pan FM no último sábado, dia 31, numa das maiores audiência daquela emissora.

Junior Cavalcante e Fernando Alves foram os entrevistadores, vereador respondeu perguntas do repórter blogueiro Itamar França de Afogados da Ingazeira. Nas quais também se saiu muito bem em suas repostas. 

TCE recebe imprensa para lançamento do site e Portal Tome Conta


O presidente do TCE, conselheiro Valdecir Pascoal, reuniu a imprensa na manhã desta quinta-feira (29), para anunciar o lançamento do novo site da instituição, bem como do portal destinado ao cidadão, o Tome Conta.

As mudanças feitas no site do TCE deixaram a página mais moderna e dinâmica, com novas abas e áreas específicas para gestores e cidadãos, com informações específicas aos interesses de cada segmento. Além de notícias e acesso às redes sociais como Facebook e Twitter e ao Youtube, o usuário vai obter também informações sobre todos os serviços oferecidos pelo TCE-PE, de forma mais clara e intuitiva.

O trabalho de reconstrução do site teve como objetivo básico promover maior interação entre o Tribunal, gestores e sociedade, diminuindo as distâncias, agilizando e simplificando o acesso aos conteúdos postados.


Tome Conta - A grande novidade anunciada pelo presidente Valdecir Pascoal foi o Portal Tome Conta, que dá acesso a informações sobre arrecadação, receita, despesas, obras realizadas e em andamento, educação, saúde, pessoal, licitações e fornecedores de todos os municípios e órgãos públicos do Estado. "Tudo isso representa uma conquista para a sociedade, uma vez que facilita ao cidadão o exercício da cidadania plena. Os órgãos de controle, como os Tribunais de Contas, têm um papel de grande importância no observância de boas práticas por parte dos gestores públicos, mas a participação da sociedade, acompanhando e fiscalizando a gestão pública, também é fundamental", afirmou o conselheiro.

“O cidadão precisa estar informado e acompanhar a administração dos gestores, seja para criticar ou elogiar. Essa participação termina servindo como instrumento de auxílio ao nosso trabalho de fiscalizar”, concluiu o presidente do TCE. 

Clique aqui para conhecer o Portal Tome Conta

Gerência de Jornalismo (GEJO), 29/10/2015

Estudantes da rede municipal de ensino fazem exames de vista gratuitos.


Com o objetivo de atenuar as dificuldades dos alunos da rede municipal de ensino no processo de aprendizagem por conta das limitações na visão, a Prefeitura de Custódia através de um convênio com IDESNE (Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste) realizou de forma gratuita exames oftalmológicos, em alunos da rede municipal de ensino.

A ação aconteceu nessa última sexta-feira (30), na unidade móvel que ficou estacionado na Escola Municipal Ernesto Queiroz.

Os exames foram pré-agendados com as crianças que realizam na escola o teste de acuidade visual com a tabela de Snellen e precisaram ser encaminhas para um oftalmologista.

Os alunos que apresentaram a necessidade do uso dos óculos puderam escolher a armação e devem recebê-los em, no máximo, 20 dias e de forma gratuita. “Ter um problema de visão nesta fase reflete no aprendizado e no desenvolvimento. Muitos têm dificuldades de fazer um acompanhamento com um oculista, oferecer isso na escola, e gratuitamente, é um avanço”, afirmou o Secretário municipal de Saúde, Bruno Gaudêncio.

André Brasiliano ASCOM-PMC