28 junho, 2016

Associação Desportiva Custódia participará de Competições organizadas pela Federação Pernambucana de Futsal



A cidade de Custódia será representada pela ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CUSTÓDIA, no Campeonato Pernambucano de Futsal e na Copa do Sertão de Futsal, ambas competições sub 20, realizadas pela Federação Pernambucana de Futebol de Salão. 

A declaração emitida pelo presidente da entidade que rege o futsal Pernambucano, deixa claro e evidente a participação da Desportiva Custódia.

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CUSTÓDIA é Custódia-PE no Pernambucano Sub 20 de 2016.

Hoje tem São Pedro na Vila da Cohab com Arreio de Ouro e Mulher de Gado


Em Custódia, aliando aprendizado e integração, escolas municipais promovem tradicionais festas juninas



Evento que marca o calendário da rede de ensino público de Custódia, as festas juninas resgatam e valorizam a cultura local e mobiliza toda a comunidade escolar.

As tradicionais festas juninas mobilizaram o mês de junho da rede de ensino público de Custódia, com ações que aliam valorização cultural e integração entre as famílias e a comunidade escolar. As festividades em comemoração a Santo Antônio, São João e São Pedro representam um marco para a exaltação da cultura da região.

Quadrilha, pipoca, bolo e canjica, além de danças, roupas e comidas típicas conquistam e atraem a comunidade para dentro das escolas. As unidades da rede municipal se esforçam para promover uma bela festa que só tende a divulgar e exaltar o legado do povo sertanejo.

Veja fotos dos eventos juninos das escolas municipais: Escola Joaquim B. de Messias, na Samambaia, Escola Manoel Leandro de Morais, na Maravilha e Escola Anfilófio Feitosa, no Bairro do Cruzeiro.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUSTÓDIA
Administração Luiz Carlos Gaudêncio
“Juntos Construindo Um Novo Tempo”

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Secretária Ednalva Oliveira

Juliano Oliveira – ASCOM/PMC

24 junho, 2016

Hoje tem Luar do Sertão no maior São João do Mundo, em Caruaru

DIA 24 DE JUNHO-DIA OFICIAL DO SÃO JOÃO !

Espaço Aberto entrevista neste sábado o prefeito Luiz Carlos


Neste sábado o Prefeito Luiz Carlos é o entrevistado no Espaço Aberto. Respondendo as perguntas e tirando duvidas dos ouvintes. Além da presença do reforço do médico José Wilson, eventual pré candidato a vice-prefeito nas próximas eleições.

Entrevista cedida aos comunicadores Junior Cavalcante e Fernando Alves.

Será essa a ultima rodada com as cabeças de partidos.

Amanhã a partir das 11:h da manhã.

Nova Pan FM

22 junho, 2016

Foi Assim - por Anísio J. S. Cruz



Foi assim... 

O Fernando já havia dito que estava escrevendo as suas memórias, o que me deixou ansioso, pelo que conhecia da sua vida, e por sabê-lo sertanejo, dos bons, como o mandacaru, que florando lá na seca, é sinal de inverno farto. E eu não estava enganado. Ave de arribação, da região do Moxotó, mais precisamente de Custódia, saiu um dia, ao encontro do “seu norte”, quando o “homem que via longe” apontou o caminho do mar: “Vai menino, você merece coisa melhor”. 

Recife e Olinda foram a escola, o aprendizado pra viver em cidade grande, buscando o seu intento, na Escola de Aprendizes de Marinheiros, onde ficou “agregado”, até passar no exame, e se tornar o 147. Tempos duros, de provações para o menino que de tudo tirava boas lições de vida. A saudade de casa, os primeiros namoricos, a carência afetiva, e a “mãe de leite” ali pertinho, sem que soubesse... 

A 23 de junho, jurou Bandeira, engajando-se na Marinha do Brasil. Agora dentre os 512 que chegaram, já era o 15º, posição de honra para o “custodianense”. O

E a “cidade maravilhosa” despontou no horizonte para o jovem que desembarcou mareado no cais do Arsenal da Marinha, brindado com a visão do Cristo Redentor, e do Pão de Açúcar, um encantamento à parte, é verdade. Estudos, e mais estudos, se realmente quisesse crescer, como aconselhou o tenente. E aí, o meu bom Fernando com suas histórias, me trouxe de volta a situações que em muito me emocionaram: o golpe militar de 64, e os anos duríssimos que todos da nossa época vivemos, e ele, em particular, no “olho do furacão”, vendo a “batata esquentar”. Os momentos dramáticos que tão bem conhecemos, tem aqui uma narração eivada de detalhes, a nos mostrar o outro lado da história. A angústia, as incertezas com relação ao futuro, e todos os sacrifícios em busca de dias melhores, e os sonhos subitamente boiando nas águas fétidas da Baia da Guanabara... A prisão nos porões de um velho navio atracado a uma bóia - uma esperança ainda. 

– Homem à terra! – gritaram os poderosos. Mas agora era um EEP-Elemento Extremamente Perigoso - vigiado, sem tostão, e com ambas as mãos à frente, e muitos olhos ocultos atrás de si. Desembarcado, sim, senhor, mas vivo e solto. E onde estava o “seu norte, afinal? Ali, perdido na cidade grande, mesmo sendo ela maravilhosa, ou lá, em Nova Iguaçu, aonde chegaram quase mortos por 5 longos dias de viagem, a Laura, e o Zé Daniel, seus queridos pais adotivos? 

Lá se foi o Fernando, começar tudo de novo, aportando na cidade fluminense, em busca da sorte grande. E ela veio, sim, com sacrifícios, boas oportunidades de trabalho, criatividade, e um encontro marcado com Maria Apolônia, que ele nem sabia que existia. Casamento feito, nova vida. 

Dalí de Nova Iguaçu, para Maceió, Salvador, Vitória da Conquista, e depois de algum tempo, Ilhéus, no sul da Bahia, onde lançou âncoras, e criou os filhos. Fernando agora tinha um “porto seguro”, e chegara ao “seu norte”, como profetizado pelo “homem que via longe”. 

Mas leiam as histórias contadas em tom informal, com a graça e o jeito nordestino, que Fernando tão bem representa. Tenho certeza de que vão gostar tanto quanto eu, que fiz a leitura de “cabo a rabo”, sem tomar fôlego, para chegar à página final, acelerado, como o seu coração ansioso no dia do retorno a Custódia, com todos os ventos soprando a favor. 

Boa leitura.
Anísio J.S. Cruz
Ilhéus, Bahia, 25/05/2010 


21 junho, 2016

Tigre/Custódia sai na frente mas cede empate em amistoso contra o Amaraji Futsal


Crédito: divulgação

Seguindo o cronograma de preparação para o Campeonato Pernambucano sub-20 de futsal a equipe do Tigre/Custódia foi até a cidade de Amaraji para disputar mais um amistoso.

No final empate por 2×2 mas a comissão técnica do Tigre achou que o time poderia sair com a vitória. Isso por que a equipe abriu 2×0 no placar, com gols de Gabriel Mutuca.

No finalzinho do primeiro tempo o Amaraji diminuiu com Baixinho e na etapa final chegou ao empate com gol de Kleiton. O Tigre/Custódia segue se preparando para o Pernambucano sub-20 e nos próximos dias deve anunciar um novo amistoso.

Fonte: Infofutsal

[Diário de PE 1994] "Sou o ceguinho de Custódia"



Comentário muito interessante de um leitor do Jornal Diário de Pernambuco em uma de suas edições do ano de 1994, sobre um determinado passageiro cego que circulava pelos ônibus da região, confiram:

Já em Custódia, existe um ceguinho que parece mais um turista do que cego pedinte, pois é facilmente encontrado viajando nos ônibus da viação Progresso pra lá e pra cá, fazendo com essas viagens diversas feiras e colhendo dinheiro para sua sobrevivência. O ceguinho de Custódia parece mais um passageiro comum. Entretanto, toda vez que é encontrado no ônibus pela fiscalização não pronuncia outra palavra senão: “sou o ceguinho de Custódia“.

Por Paulo Peterson

Agenda da semana do Prefeito Luiz Carlos


[Opinião] D. Zita Queiroz comenta a construção de sanitários públicos na nova Praça Ernesto Queiroz



Prezados amigos, quero registrar minha indignação com relação à construção de sanitários públicos na Praça Ernesto Queiroz. Um dos cartões postais da nossa cidade estão ameaçado pela inclusão de sanitários em seu centro. 

Minha alegria em saber que a praça que traz o nome do meu pai, Ernesto Queiroz, que por três vezes foi prefeito do nosso município, foi embora no momento em que eu soube da construção de banheiros públicos em frente à minha residencia. 

Quanta tristeza estou sentindo pela desconsideração demonstrada a mim e a minha família, e também aos moradores daquela rua. Sabemos o quanto sanitários públicos estão sujeitos a causar desconforto e dores de cabeça onde são instalados, principalmente em área residencial. 

Sabemos que não haverá uma limpeza adequada, a exemplo daqueles construídos na " bomba". Ademais, haverá quiosques onde, com certeza, serão vendidas bebidas alcoólicas, daí não preciso relatar para que servirão tais banheiros. 

Assim, temo pela tranquilidade das famílias residentes na rua, bem como sou contra tais instalações que não servirão para embelezamento da praça, tampouco bem estar da população. Deixo aqui meu protesto não como eleitora, e sim como cidadã que há 79 anos reside na Praça Ernesto Queiroz, n. 45, e hã mais de 50, como tabeliã, tenho meu estabelecimento na mesma rua de n. 21.

Assim, a nova estrutura da praça que vem sendo construída em n nada lembra a Praça Ernesto Queiroz que um dia ali esteve erguida, muito menos descreve o projeto doado pela arquiteta Fabíola Secchin, e aprovado pela população.

por Zezita Queiroz

20 junho, 2016

Chapa de situação definida em Custódia: Zé Wilson será vice de Luiz Carlos


Prego batido, ponta virada. Em Custódia, o companheiro de chapa do prefeito Luiz Carlos (PT), pré-candidato a reeleição, já está definido. O vice de Luiz Carlos será o ex-vice-prefeito do município, o médico José Wilson. Filiado ao Partido Democrático Brasileiro (PDT), Zé Wilson deixou o grupo oposicionista por não concordar com a composição da chapa Manuca/Luciara (prefeito/vice) respectivamente formada segundo o médico, sem uma discussão com o grupo.

Zé Wilson, que era um dos mais críticos à gestão de Luiz Carlos, mudou o discurso e agora ele vai caminhar junto com o projeto político do atual prefeito. O ex-vice-prefeito deve ter seu nome homologado como o vice na chapa situacionista nas convenções a serem realizadas entre 20 de julho e 05 de agosto. A informação foi repassada em primeira mão pelo próprio médico, ao Repórter do Pajeú, Itamar França.

18 junho, 2016

Hoje tem Luar do Sertão na abertura do São João de Arcoverde 2016


HOJE!!!! Sábado 18/junho-2016
Na abertura oficial do SÃO JOÃO DE ARCOVERDE 2016.

Levando maracatu, xote, coco, xaxado e baião no MATULÃO!
VIVA SÃO JOÃO !!!!! 

A.D. Custódia ADC participará da II Copa do Sertão de Futsal



Foi lançado ontem, dia 17/06/2016, na cidade de Lagoa Grande, a COPA SERTÃO DE FUTSAL SUB-20, realizada pela FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE FUTSAL.

A competição tem início em 08/07 e vai até 16/07 com jogos realizados em Cabrobó.
Dentre as 08 cidades participantes, Custódia confirmou participação através da A.D. Custódia Adc que tem sobre seu comando os jovens Edilson Silva e Eduardo Silva.
A competição dará aos 4 melhores colocados a filiação na FPFS.
 
O grupamento das equipes que foi sorteado hoje em Lagoa Grande-PE, foi o seguinte:

CHAVE A - Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Sertânia e Orocó.
CHAVE B - Petrolina, Custódia, Terra Nova e Lagoa Grande.

Bar do João tem hoje Feijoada, Buchada e Galinha Capoeia



Fica aqui na rua do Cartório Eleitoral (por trás do Colégio Ernesto Queiroz)...
Venha...Traga a família...Os amigos...Os conhecidos!!
Comida de primeira qualidade e a cerveja mais gelada de Custódia!!
Começa às 11 horas...
Telefone: 99607-5172
Organização:João e Givoneide Gouveia

Junina Luar de Prata, de Custódia vence o 3º Festival de Quadrilhas Junina de Quixabá-PE


Homenageando o Rei do Baião Luiz Gonzaga, com o tema "Contos e Cantos do Gonzagão", a Junina Luar de Prata, da cidade de Custódia, existente há 15 anos, foi a grande campeã do 3º Festival de Quadrilhas Juninas promovido pela Prefeitura Municipal da Quixaba através da Secretaria de Cultura na noite desta quarta feira 15, no Pátio de Eventos Solidônio Pereira de Carvalho, em Quixaba.



Com uma abertura espetacular onde membros interpretes da ave carcará arrepiou e emocionou o publico presente, focando a vida e obra de Luiz Gonzaga e o povo sertanejo.

A Junina Sanfonar, da cidade de Afogados da Ingazeira com glamouroso espetáculo e um dos mais belos da noite, com o tema "Meu Sertão de Cabo a Rabo", ocupou a segunda colocação. O terceiro lugar foi conquistado pela Junina Fogueirart da cidade de Solidão.


A Quadrilha Flor do Sertão da cidade se Serra Talhada foi contemplada com o Melhor Rei e Melhor Rainha.
A Junina Sanfonar também levou os prêmios de Melhor Noivo, Melhor Noiva e Melhor Marcador.

O Prefeito José Pereira Nunes (Zé Pretinho) ao lado da Primeira Dama Socorro Salvador prestigiaram o evento acompanhados do vereador João Vianney, do pré candidato a prefeito Tião de Gaudêncio e do pré candidato a vice prefeito Francisco Cabral (Fanca).

Por Cauê Rodrigues

17 junho, 2016

Domingo tem Chiclete em Serra Talhada


Próximo domingo, nosso atleta Chiclete vai competir em Serra Talhada, vamos torcer por uma boa colocação deste atleta que cresce aqui cada dia que se passa.

Chiclete breve vai participar de várias corridas de nível Internacional.

Fonte: Custódios News

Amanhã tem desafio de futsal: AD Tigre /Custódia Futsal contra Amaraji Futsal


CAMPEONATO PERNAMBUCANO DE FUTSAL - SUB-20 2016
Custódia estará participando com parceria do Tigre futsal de Garanhuns.

Custódia será palco mais uma vez da 2ª mostra de Quadrilhas juninas da região.

 

Mais uma vez a Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo irá promover a 2ª Mostra de Quadrilhas, um grande evento que na edição anterior levou para quadra da Escola Ernesto Queiroz um grande público que prestigiou a cultura regional. Esse ano não será diferente uma grande estrutura com som e luzes recepcionará e abrilhantará ainda mais as apresentações.

André Brasiliano ASCOM-PMC

Agenda do Prefeito Luiz Carlos


[Opinião] Construção de banheiros na nova Praça Ernesto Queiroz gera polêmica


Mais uma vez a população é "vitima" das arrogâncias, da estupidez, dos descasos, dos desrespeito e das mediocridades dos gestores municipais, pelos quais o Município de Custódia tem passado, já a alguns (digo: muitos) anos.

Mas também, como poderíamos esperar coisa boa de mentalidades tacanhas, inescrupulosas, anti éticas e gente que não respeita ninguém, nem a si próprios!

Já bastava conviver com todo tipo de baixaria dos "antigos barracos", onde um dia existiu uma bonita e aprazível praça e fora homenageada com o nome do ilustre Prefeito Ernesto Queiroz. 

Agora, mais uma vez, estamos nos deparando com mais um afronta e desrespeito à sociedade, às distintas famílias: Santos, Góis, Queiroz, Lima, Campos, aos bons costumes e aos espaços públicos da cidade.

Não bastando a construção de "novos barracos", de escusas "concessões" comerciais. Ou a que(ou a quem) se destina o "aluguel" dos mesmos. 

Estão construindo "banheiros públicos" ! BANHEIROS PUBLICO?

Daí, as perguntas que não querem falar:

1. Banheiros Públicos, numa praça central?
2. Numa área nobre?
3. Em frente às residências de famílias tradicionais e respeitosas?
4. Pra atender a quem? A sociedade!
5. Quer dizer que tiram da ponte e vem colocar numa praça? 
6. Já não basta o trambolho daquela torre e suas instalações?
7. Que mais vão inventar, pra atender à quem? Correligionário?
8. Onde está a Câmara Municipal, pra fiscalizar as "obras" do Executivo? 

Não tenho nada contra trabalhadores ambulantes, que estão procurando sobreviver, vendendo seus produtos nos espaços públicos. Mas daí perpetua-los em pontos comerciais fixos, numa praça central! Dá espaço pra pensarmos um tanto de coisas! Ou não dá?

É trocar seis por meia dúzia! E ainda de quebra acrescentar a fedentina característica e conhecida, de instalações desta natureza.

É até aceitável, quando mantido os devidos e necessários anceios, nos entornos dos Mercados Públicos, dos Parques de Exposições, de Rodoviárias, Prefeituras e/ou Câmaras Municipais. Mas em frente a resistências de distintas famílias?

Se o tal "prefeitinho" acha tão normal, porque então constrói em frente a casa dele. Já que é tão afeiçoado ao "seu povo", um "social democrata".
 
Há! Pode aproveitar e fazer um lugar pra amarrar os tantos cavalos, porcos, vacas, bodes, jumentos e outros que andam às soltas pela cidade, revirando o lixo que se acumula na cidade. Já que é tão afeiçoado aos quadrupedes!

Fica aqui meu protesto e indignação a tamanha grosseria e desrespeito a ilustre família, a que integro.

P.s.: Não duvido que o tal "prefeitinho" venha, com seu característico cinismo, pedir o busto do Prefeito Ernesto Queiroz à ilustre família, pra fixar na referida praça e ainda querer usar a figura da nobre e distinta, D. Zezita Queiroz, como pilar ao seus escusos interesses politiqueiros.

Francamente, é muita cara de pau!

Por Gerardo Collyer
(*) Todo e qualquer texto publicado não reflete necessariamente a opinião deste blog. Refletem apenas a opinião do autor.

06 junho, 2016

Custodiense é destaque em matéria no JC

Sonho de bolsistas do Proupe ameaçado 
por falta de pagamento do Estado



Rodrigo Amaral, 26 anos, mora na zona rural de Custódia, Sertão pernambucano. Cícera de Cássia, 21, também é sertaneja de Afogados da Ingazeira. Maria de Lourdes Gomes, 30, vive em um sítio em Canhotinho, no Agreste do Estado. São filhos de agricultores e os primeiros (ou únicos) da família a ingressarem na faculdade, graças a bolsas que recebem do Programa Universidade para Todos de Pernambuco (Proupe).

Eles vibram com a possibilidade de conseguir diploma para construir um futuro diferente dos seus pais ou avós, que mal terminaram a educação básica e sobrevivem do que brota da terra. Mas os sonhos deles podem ser interrompidos porque as instituições em que estudam – todas autarquias municipais – estão acumulando dívidas e atrasando salários de professores e funcionários devido ao não repasse regular da verba do programa, criado e mantido pelo governo estadual desde 2011.

Já são três meses sem receber (março, abril e maio), o que representa cerca de R$ 4,2 milhões ainda não pagos pelo Executivo este ano. A parcela de fevereiro foi quitada no último dia 25. O problema começou no ano passado, quandoos atrasos também foram frequentes.

Das 13 autarquias existentes em Pernambuco (com 20 mil alunos no total e apenas uma localizada no Grande Recife), quatro têm mais de 70% do corpo discente como bolsista do Proupe: Aeset, de Serra Talhada (84%); Aemasul, de Palmares (73%); Aesa, de Arcoverde (72%) e ABCDE, de Belém de São Francisco (71%).


O programa, lançado pelo então governador Eduardo Campos, beneficia atualmente 8.808 jovens e foca sobretudo na formação de professores. Começou com 6 mil bolsas, duplicou esse número em 2014 e desde o ano passado vem diminuindo a oferta. A meta do governo é terminar o ano com 7.916 bolsistas.

“Serviços essenciais para o funcionamento das autarquias, como água, energia e internet, não estão sendo pagos. O atraso do governo compromete também a folha salarial, desestrutura investimentos e prejudica a implantação de novos cursos”, ressalta o presidente da Associação das Autarquias de Pernambuco (Assiespe), Rinaldo Remígio, que dirige a Facape, em Petrolina, no Sertão.

As autarquias de ensino são entidades de direito público, sem fins lucrativos e autônomas, ligadas às prefeituras. Juridicamente podem cobrar mensalidades porque embora sejam consideradas públicas não são mantidas pelo poder Executivo.

O Proupe surgiu na época em que as autarquias estavam financeiramente mal. Além de contribuir para a manutenção e melhoria das instituições, o programa possibilita aos jovens carentes de fora do Grande Recife a chance de ingressar no ensino superior e os estimula a se tornarem professores, principalmente em áreas críticas de mão de obra docente como na disciplina de matemática.

Segundo a Assiespe, com o Proupe houve um crescimento de 21,6% na quantidade de alunos (maior parte em cursos de licenciatura) e redução de 70% para 5% na taxa de evasão. Outro aspecto positivo da iniciativa é contemplar vestibulandos que ficam de fora das concorridas seleções das Universidades Federal (UFPE) e Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), interiorizadas uma década atrás; da Universidade de Pernambuco (UPE), que se expandiu também dez anos atrás; e da Federal do Vale do São Francisco (Univasf), implantada em 2002 em Petrolina.

DESAFIOS - Lourdes é casada e mãe de um adolescente. Adiou o desejo de ingressar na faculdade por causa da família. Agora cursa o 5º período de enfermagem na autarquia de Belo Jardim (fica a 75 km de Canhotinho). Sai de casa às 4h50 para 7h30 chegar na instituição de ensino. Paga por mês R$ 300 de transporte entre as duas cidades. Mais R$ 6 por dia do sítio Olho d’Água, onde reside, até Canhotinho. “Minha mãe me ajuda com as despesas do curso porque meu marido é agricultor. Sem o Proupe, eu e 90% da minha turma não teríamos como estudar”, afirma Lourdes. 

Cícera está no 7º período de pedagogia na autarquia de Afogados da Ingazeira. Antes cursou normal médio (antigo magistério). Divide a graduação com aulas que leciona numa escola municipal. “Meus pais, como os de muitos dos colegas, vivem da agricultura. Com a seca, poucos conseguem ganhar dinheiro e nos ajudar. As bolsas do Proupe são a nossa chance de planejar um futuro melhor”, observa Cícera.

“Ao me formar, estarei realizando um sonho meu e de meu pai. Ele sempre trabalhou na roça. Não terminou a 2ª série. Uma das alegrias dele é me ver na faculdade. Só tentei o vestibular porque havia o Proupe. Moro em Custódia e a faculdade fica em Arcoverde (distante cerca de 80 km). Gasto uma hora, de ônibus, para chegar na autarquia”, conta Rodrigo, aluno do 7º período da licenciatura em história. “Me vejo professor, ensinando. O governo não deveria enfraquecer o Proupe. Do jeito que a educação vai, o certo seria fortalecer o programa”, opina Rodrigo.