7 de abril de 2016

TRE começa a analisar campanha política antecipada em Pernambuco


Neste ano de eleições municipais, os pré-candidatos que comprovadamente anteciparem as campanhas vão ser enquadrados e podem pagar multa de até 25 mil reais. Com as recentes mudanças na legislação eleitoral, a propaganda, que poderia ser a partir do mês de julho, passou a ser permitida somente após o dia 15 de agosto.

Porém, o Tribunal Regional Eleitoral e a Procuradoria Regional Eleitoral de Pernambuco já analisam outdoors e cartazes com homenagens e até desejos de parabéns, que podem ser caracterizados como campanha antecipada.

De acordo com assessor de Corregedoria do TRE, Breno Russel Wanderley, o Procurador Regional Eleitoral de Pernambuco, Antônio Carlos Barreto Campello, se reuniu na última segunda-feira com os procuradores, principalmente do município de Olinda, de onde vem as maiores denúncias de excessos na promoção pessoal.

Fonte: Portal NE10.
Imagem: Portal TSE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário