27 de abril de 2016

Conta de luz vai ter reajuste de 11,5% a partir de 29 de abril


O consumidor pernambucano residencial vai pagar 11,5% a mais na conta de energia elétrica a partir do próximo dia 29 de abril. O percentual foi aprovado na manhã desta terça-feira, durante reunião na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O valor ficou um pouco acima da expectativa, que previa um aumento próximo da inflação dos últimos 12 meses, que foi de 10,67%.

O percentual de 11,5% é dos consumidores de baixa tensão, que inclui todos os residenciais e os de baixa renda. A Celpe atende 3,5 milhões de unidades consumidoras.

O aumento do preço da energia vendida pela Celpe varia de acordo com o tipo de consumidor. As grandes indústrias terão um reajuste de 9,39%, as indústrias de porte médio ficarão com uma alta de 5,92% e os empreendedores de pequeno porte pagarão 6,79% a mais na conta de luz.

Os consumidores rurais terão um reajuste de 14,87%, enquanto o comércio e o poder público – classificados pela Aneel como consumidor B3 – terão um aumento de 11,61%.

Na média, os consumidores de alta tensão terão um reajuste de 6,77% e os da baixa tensão de 11,77%. Como o nome diz, os clientes de alta tensão são os que consomem numa rede própria que transporta a energia em alta tensão para ser usada por indústrias, grandes estabelecimentos comerciais, entre outros. 

Os clientes de alta tensão pagarão, em média, 6,77% a mais, enquanto os que consomem na baixa tensão (que é grande parte da rede da Celpe) ficarão com um aumento médio de 11,66%. Também são clientes de baixa tensão pequenos estabelecimentos comerciais, prédios públicos, entre outros. O aumento de todos os consumidores ocorre a partir do dia 29, próxima sexta-feira. (Via: JC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário