30 de março de 2016

Bebês com microcefalia podem ter redução de conta de luz


Crianças portadoras de microcefalia podem ser incluídas como beneficiárias da Tarifa Social de Energia Elétrica, que concede até 65% de descontos na fatura mensal de energia elétrica. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) diz que está reforçando junto a instituições sociais do Estado esta inclusão, além de levar orientações aos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), Secretarias de Assistência Social e nas ações sociais da empresa. A adesão ao benefício se enquadraria no critério de portadores de deficiência identificados como baixa renda.

O cadastro na Tarifa Social pode ser efetuado por meio dos canais de relacionamento com o cliente da Celpe, como no site, lojas de atendimento e pontos credenciados da companhia distribuídos em Pernambuco. 

No caso dos responsáveis pelos portadores de microcefalia, para solicitar a inclusão, é importante que a criança tenha sido inscrita previamente junto ao INSS e obtido o Benefício de Prestação Continuada (BPC) na categoria 87 – para portadores de deficiência. A Celpe concederá o benefício às crianças cadastradas nas agências do INSS existentes na área de concessão da empresa, que abrange todos os municípios pernambucanos, a Ilha de Fernando de Noronha e a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário