13 de fevereiro de 2016

Folha de PE presenteia leitores com guia "Destino Rota 232", mais uma vez Hotel Macambira é destaque


Como conhecer a fundo a cultura de um lugar? Vivenciando, claro! Foi com esse espírito que a equipe da Folha de Pernambuco pegou a rodovia BR-232 para desbravar as peculiaridades dos seus 552 quilômetros de asfalto, do município de Moreno, na Zona da Mata, até Parnamirim, no Sertão do Estado. O resultado dessa viagem multicultural, conectando arte, gastronomia e tradições, feita com o apoio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado e da Empresa de Turismo de Pernambuco Governador Eduardo Campos, pode ser conferido no guia "Destino Rota 232", que será encartado amanhã, gratuitamente, neste jornal.

Com fotos de Igo Bione e reportagem da jornalista Tatyanne de Morais, a publicação reúne 120 atividades culturais dos municípios visitados, além de ateliês de artistas populares, centros de artesanato, restaurantes, lanchonetes e pontos de conveniência, com endereço, telefone e todas as informações possíveis sobre cada serviço prestado, como horários de funcionamento e cartões de crédito. Vale ressaltar que nada foi cobrado aos estabelecimentos para participarem do guia. Turistas ou mesmo filhos da terra terão à disposição uma fonte de informações segura em mãos quando forem explorar aquela Região.

No "Destino Rota 232" é possível conhecer um pouco mais da trajetória de alguns dos artesãos mais prestigiados do Nordeste, por exemplo. O xilogravurista José Francisco Borges, o J. Borges, morador de Bezerros, uma verdadeira lenda da cultura popular, é um deles. Como também o caruaruense Manuel Eudócio, no Alto do Moura, mestre do barro, e Paulo Rodrigues da Silva - ou Parosi - reputado pelas suas pinturas e esculturas feitas em Serra Talhada. Couro, rendas, cordéis. A criatividade do povo pernambucano é infindável e o respeito à arte popular, uma característica presente em todas as páginas da publicação. Sem esquecer do cronograma de festas típicas, das expressões populares de Carnaval, pontos de visitação e reservas ambientais de cada município que margeia a importante rodovia pernambucana. 

E para deixar o turista com água na boca, não faltam, ainda, várias dicas de onde matar a fome de iguarias típicas ao longo da viagem. Qual a melhor cartola da BR-232? Onde se come uma boa carne de charque? E aquela sopinha fumegante para aquecer o turno noturno da viagem? Prefere tapioca com queijo de coalho? Revelamos tudo sobre os sabores dessa que é considerada uma da mais importantes rodovias do Estado. Quem preferir se planejar antes de seguir viagem, pode consultar a versão on-line do guia no endereço www.rota232.com. 

Boa viagem!

Link do site: AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário