25 de janeiro de 2016

Secretário atribui QUEDA de RECEITA a descumprimento de Limite da Lei Fiscal


Falando ao Programa Espaço Aberto da Rádio Panorama FM, o Secretário de Administração da prefeitura Municipal de Custódia, Cristiano Lira, atribuiu o recuo na economia que afetou fortemente as finanças dos municípios brasileiros e a queda na receita do município ao fato de a gestão do prefeito Luiz Carlos (PT) ter extrapolado o limite legal (54%) com despesas de pessoal.

Estampada nas manchetes da imprensa estadual com 102,97% (limite máximo de gastos), a cidade de Custódia, segundo Cristiano Lira, enfrenta dificuldades que decorrem de uma combinação perversa: queda acentuada na arrecadação e aumento dos gastos obrigatórios. “O prefeito Luiz Carlos vem tentando a cada mês diminuir as despesas com pessoal, mas não acompanha a diminuição da receita, então essa disparidade tende aumentar um pouquinho”.

Cristiano reconhece que os números não são satisfatórios dentro do que orienta a Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, porém são diferentes dos que foram apresentados na mídia e no site do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco – TCE/PE. “Na última leitura do quadrimestre do ano passado a despesa com pessoal estava em 68%, nós diminuímos a folha de pagamento, mas a receita cai mais ainda, então fica difícil de administrar isso ai”, finalizou.

Blog do Itamar França 

Nenhum comentário:

Postar um comentário