18 de janeiro de 2016

Biometria Urgente


Colegas para entrevistas podem ligar direto para o presidente da comissão de biometria Eduardo Lucas no 98554 1247. Contamos com a colaboração da imprensa pernambucana. Sempre grata, paz e bem, Rosa Miranda O presidente do TRE-PE, Antônio Carlos Alves da Silva, promoveu ações para alertar sobre a ausência dos eleitores nos postos do recadastramento biométrico. “Estamos realizando essas iniciativas contando com a eficiência do nosso corpo técnico, que além de preparado veste a camisa”, afirmou na ocasião. Os servidores do TRE-PE vão trabalhar nos finais de semana e o atendimento será misto, ou seja, a prioridade é de quem agenda, mas, tendo vaga, o cidadão será atendido na hora que chegar ao receberá uma senha.

Praticamente com o prazo de recadastramento chegando ao fim, os municípios de Bezerros, Bom Jardim, Bonito, Glória do Goitá, Limoeiro, Nazaré da Mata, Olinda, Passira, Paulista, Petrolina, Santa Maria do Cambucá e Vitória de Santo Antão estão correndo contra o tempo para atender aos seus eleitores que ainda não compareceram para realizarem as revisões de seus títulos com coleta biométrica. O eleitorado atual em Pernambuco é de 6.489.588 milhões, desse total, 3.028.691 milhões (46,67%) já fizeram a biometria.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Antônio Carlos, ressalta que em muitos momentos, como agora no mês de janeiro, o comparecimento diário de eleitores está aquém da capacidade instalada para atendimento. “Esse fato poderá prejudicar aqueles que deixarem para fazer a revisão de seu título de eleitor no final do prazo, estipulado em 31 de março de 2016”, explica.

A revisão do título de eleitor com coleta biométrica é feita de forma gratuita e o prazo para o recadastramento é até 31 de março de 2016. Quem não fizer o recadastramento poderá ter seu título cancelado, ou seja: sofrer restrições no CPF, perder benefícios de programas sociais como o Bolsa Família, deixar de obter matrículas em instituições de ensino, ser impedido de tomar posse em cargo público, deixar de obter passaporte, entre outros transtornos. O prazo não será prorrogado e estão se esgotando as possibilidades de se ampliar a capacidade de atendimento diário nos postos e centrais de atendimento ao eleitor existentes.


Atenção: Para realizar o recadastramento, o eleitor deverá levar o título eleitoral (original), um documento de identidade (também original e com fotografia) e um comprovante de residência, recente.


Confira na íntegra as ações da Presidência para melhorar os números dos eleitores:


1- Criação de Comissão Multissetorial para agilizar a logística dos recursos necessários;


2 - Aumento da capacidade de guichés de atendimento nos 4 maiores municípios:


Olinda: 36 guichês de atendimento ­ – incrementar em mais 43


Paulista: 27 guichês de atendimento – incrementar em mais 18


Petrolina: 20 guichês de atendimento – incrementar em mais 20


Vitória de S. Antão: 16 guichês guichês de atendimento – incrementar em mais 10;


3 - Intensificar as comunicações para convocações dos eleitores;


4 - Firmar parcerias com outros órgãos e entidades públicas ou privadas para divulgações;


5 - Estender horário de atendimento para sábados e domingos;


6 - Mobilizar Juízes Eleitorais e autoridades públicas para cooperarem com o Recadastramento do Eleitor.


Comissão - O desembargador presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, Antônio Carlos Alves da Silva, revogou a Portaria nº 777, de 20/10/2015 e cria nova Comissão Executiva de Implantação da Infraestrutura e do Monitoramento do Cadastramento Biométrico dos eleitores de Pernambuco, publicada no Diário Oficial do Estado, no dia 30 de dezembro de 2015.


"Com prazo curto e dificuldades estruturais, estamos contando com o comprometimento dos servidores dos cartórios sempre tão vocacionados e competentes", afirma o presidente Antônio Carlos Alves.


A Comissão constituída está funcionando desde a data de publicação da Portaria e ficará em vigor até o dia 31 de maio de 2016, quando deverá apresentar relatório do trabalho realizado. O servidor Eduardo Jorge da Silva Lucas, Chefe do Cartório da 117ª Zona Eleitoral - Olinda, foi designado para presidir com dedicação exclusiva a nova comissão.


Também fazem parte da execução dos trabalhos, os servidores Maria de Fátima Carvalho Dias, Marília Gonçalves Berquó, Gilberto da Mota Martins, Aurides Alves Vilela Filho, Fabiana Maia Gomes Ribeiro Siqueira e Augusto Felipe Dias de Morais. Nas eventuais ausências do Presidente designado, responderá pela comissão a servidora Maria de Fátima Carvalho Dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário