28 de junho de 2014

Vereadores voltam a denunciar Super salários em Custódia


O pagamento de supersalários para servidores da educação provocou polêmica na cidade de Custódia. Os valores foram revelados na Câmara Municipal pelos vereadores da bancada oposicionista. O alvo das críticas foi o contracheque de um Diretor Adjunto com super salário, ou seja, R$ 9.454,02.

Na tentativa de buscar esclarecimentos, para repassar a população custodiense, o vereador Roni Barbalho (PC-do-B) apresentou requerimento solicitando do Executivo cópias da folha de pagamento e o mesmo acabou recebendo como resposta do Secretário de Administração, Cristiano Lira que procurasse os dados no Portal da Transparência. A resposta deixou o comunista indignado.

Ao verificar o site conforme indicação do secretário, o vereador acabou se deparando com um fato que ele (Roni) acha um absurdo: um secretário municipal com salário de R$ 10.133,00. A denúncia foi feita mais um vez na Casa Legislativa pelos vereadores Paulino, Roni Barbalho, Chico Elizeu, Neguinho e Zé Neto. Roni declarou que mais uma vez os vereadores irão denunciar o caso ao MP.

Com informações do Blog Itamar França

Nenhum comentário:

Postar um comentário