24 de junho de 2014

Vereador Cicinho diz que Custódia merece e precisa urgentemente de Adutora

foto: José Orlando

O vereador Cicinho participou nesta quinta feira, 19 de junho, no programa Ponto de Impacto da rádio Custódia FM, com Ronaldo Elesbão, para falar sobre a real situação do abastecimento de água da cidade e da Audiência Pública.

Principais perguntas e informações complementares.  

Ponto de Impacto: Qual o principal motivo da Audiência?

Vereador Cicinho: Custódia teve prejuízos irreparáveis com a seca na zona rural e agora é a cidade que está preocupada com o açude, que está secando com risco de colapso no abastecimento de água. Esta situação, nos deixou um tanto apreensivo. O açude secando, a água que chega da adutora de Fátima é muito pouca e insuficiente para atender a população, que a muito tempo, sofre com a falta de água na cidade pagando até três água.Diante disso, tomei a iniciativa de realizar uma Audiência Pública.

Ponto de Impacto: A participação da Audiência.

Vereador Cicinho:Participaram da Audiência a maior parte dos vereadores, Representantes da Compesa, Sindicatos, Dnocs, Sociedade Civil, representante da Tambaú e demais autoridades, com depoimentos e informações qualitativas e importantes.

Ponto de Impacto: Os investimentos da Compesa no município de Custódia.

Vereador Cicinho: Sempre me dediquei na questão do abastecimento de água para a população de Custódia, tanto no campo como também na cidade. Eu, não poderia deixar de reconhecer e agradecer pelo que a Compesa tem feito pela cidade de Custódia, se esforçando para atender as demandas de obras, em todo o estado. Não podemos esquecer que em 1998, o saudoso Miguel Arraes, então governador de Pernambuco, construiu em tempo recorde, a perfuração de poços profundos e Adutora do Distrito de Fátima, que posteriormente, evitou colapso no abastecimento de água, nas cidades de Custódia,Sítio dos Nunes, Carnaíba, Flores e Afogados da ingazeira e que até hoje estão sendo beneficiadas com esta tão importante obra. Na visita que fizemos ao Diretor Presidente da Compesa o Sr. Roberto Tavares, em Recife, Eu, os vereadores Paulino, Rony, Chico Elizeu, Zé Neto e Drª Francisca da Tambaú, o representante da Compesa, Roberto Tavares, disse que entre os anos 2010/2011, o então governador Eduardo Campos, destinou cerca de 7,5 milhões de reais, para troca de toda a tubulação da cidade de Custódia, que era muito fina, aumentando o diâmetro e construindo grandes reservatórios.

Faz-me lembrar, de que no ano de 2008,Eu e o colega Ernanes Figueiredo, conseguimos um projeto junto a Compesa, para trocar a tubulação que era muito fina, por isso não chegava água na parte de cima do bairro da Redenção (saída para Quitimbú). Obra inaugurada pelo então governador Eduardo Campos,

Por último, o diretor regional da Compesa, o Sr. Denis Fernando, falou na audiência, a existência de um projeto para trocar 3 km de tubos de ferro da adutora de Fátima, para evitar desvio. 

Ponto de Impacto: E o Governo Federal o que tem feito?

Vereador Cicinho: Tem a obra da Transposição, e Vimos algumas obras, através do Governo Federal, anunciada e iniciada, no que diz respeito a água.Vimos a poucos dias, a Adutora do jatobá sendo duplicada, A Adutora do agreste está avançando,Vimos o Governo Federal, anunciar 387 km de Adutora do Pajéu da cidade de Itaparica até cidade de Taperoá na Paraíba, só não vimos se quer, anunciar um ramal para Custódia.

A presidente da República, Dilma Rousseff, destacou a importância das obras de segurança hídrica implementadas no País para combater a seca no semiárido. Na tarde desta segunda-feira (14), Dilma participou de inauguração da 1ª etapa e da ordem de serviço da 2ª fase da Adutora Pajeú em Serra Talhada, além do lançamento do edital do Ramal do Agreste que aconteceu na Antiga Estação Ferroviária: A primeira etapa da Adutora de Pajeú já atende a sete cidades de Pernambuco: Afogados da Ingazeira, Calumbi, Carnaíba, Flores, Floresta, Serra Talhada e o distrito de Canaã, em Triunfo. O investimento foi de cerca de R$ 200 milhões. Essa adutora já evitou o colapso do abastecimento em Serra Talhada, no início do ano 2013.A presidenta também tratou da construção do Ramal do Agreste. Com 598 quilômetros de extensão, a Adutora do Pajeú, após conclusão de todas as etapas, vai beneficiar 21 cidades de Pernambuco e oito da Paraíba. O empreendimento vai captar água do Rio São Francisco, no Lago de Itaparica, em Floresta (PE). O investimento total será de R$ 547 milhões.

Por isso, acreditamos que o Governo Federal, juntamente com a Compesa, encontrará a saída para que Custódia não fique de fora destes projetos, a mercê da conclusão da obra da Transposição. Quem garante que esta obra ficará apronta? Mesmo depois de pronta, ainda precisa de outro projeto, entre Governo Federal, Estado e Município, que só após a conclusão deste, é que poderá chegar água nas torneiras das nossas residências. Entendemos que é a verdadeira realidade.

Sugestões para o problema:

1ª – Liberar de imediatos mais poços para atender Custódia;
2ª Construir um Ramal, Interligando Adutora do Pajeú na adutora de Fátima, que tem uma distancia pouco mais de 17 km; entre elas;
2ª Após a interligação, construir uma nova Adutora, pela serra do urubu, que contemplaria a Escola Quilombola do Buenos Aires, uma escola municipal e o distrito de Quitimbú e Custódia.(sugestão do vereador Paulino)apoiado por parte dos vereadores e, ou,
3ª Após a Interligação, Construir uma nova de uma Adutora, paralela a existente de Fátima passando por Sitio dos Nunes, com tubos de diâmetro maior. 
Portanto, meu querido povo de Custódia, Água não tem cor, Água é Vida.
Esta é uma causa de todos !!!

Queremos água do São Francisco para Custódia;

Adutora para Custódia Já.

Nenhum comentário:

Postar um comentário