15 de março de 2014

Depois da página de Eduardo Campos, TSE manda Facebook retirar do ar perfil sobre candidatura de Aécio Neves

Foto: reprodução internet
Foto: reprodução internet
Menos de 10 dias depois da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) solicitando que uma página que trata da candidatura da Presidência da República do governador Eduardo Campos fosse retirada do ar, outro presidenciável foi alvo da determinação. Nesta sexta-feira (14), o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Humberto Martins determinou que o Facebook retirasse do ar uma página que exalta a candidatura do senador Aécio Neves (PSDB).
Para o ministro, imagens e mensagens postadas no perfil público configuram propaganda eleitoral antecipada. Foram postadas expressões como: “Aécio se consolida como o candidato mais forte da oposição ao governo Dilma” e “Queremos Aécio Neves Presidente”.
Segundo o ministro, as informações estão no perfil desde julho do ano passado, e a legislação eleitoral só permite a propaganda a partir de 6 de julho deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário