4 de março de 2014

Cabrobó: Construtoras responsáveis por transposição do Rio São Francisco devem priorizar trabalhadores rurais



As empresas Mendes Júnior, Zavattaro Engenharia e Construções LTDA e Consórcio Construtor Águas do São Francisco firmaram Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) perante o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) se comprometendo a dar prioridade à contratação de trabalhadores rurais de Cabrobó, no Sertão, para as obras da transposição do Rio São Francisco na cidade.

Segundo o promotor Júlio César Cavalcanti Elihimas, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município terá 15 dias para entregar às empresas o currículo das pessoas que desejam ser contratadas. Já as empresas deverão encaminhar ao MPPE a lista com todos os seus funcionários, indicando a função de cada um. Todas as novas contratações deverão ser informadas à promotoria de justiça.

O descumprimento das obrigações do TAC acarretará em multa no valor de R$ 1 mil para a empresa que não cumprir as cláusulas. Da mesma forma para o sindicato, caso descumpra as obrigações presentes no documento. A multa será revertida ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente. 

As informações são do MPPE. (Foto: Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário